Sindicatologia

Opinião

Carlos Martini

Carlos Martini

Colunista

Sindicatologia

Por

Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Acho que muitos não perceberam, mas sem grandes alardes a região está muito bem representada em dois importantes sindicatos empresariais do estado, o Setcergs e o Sindibritas/Agabritas.

Gente séria e de respeito, que conhece muito bem as necessidades e expectativas da região e de além-fronteiras em suas respectivas áreas de atuação.

Que, por sinal, são também dois relevantes setores econômicos na região, com várias empresas sediadas por aqui e de muita competência.


Cruiz crédo!

A maior altitude que eu já encarei fora de um avião foi uns 4 mil metros, na base do monte Aconcágua, próximo à fronteira da Argentina com o Chile, a 10 ou 15 graus abaixo de zero. Pro meu gosto já era frio demais e oxigênio de menos, mas pra quem queria conhecer neve ao vivo e à cores estava de bom tamanho.

Essa semana fiquei sabendo que tem um lajeadense se preparando física e psicologicamente pra encarar uma subida ao topo do monte Everest no Himalaia, em março de 2023.

Caramba! Bota desafio pessoal nisso! Torço pra que a iniciativa seja bem sucedida. E mesmo que a etapa final não seja alcançada já bato palmas de qualquer jeito. Muito poucos foram tão longe no montanhismo.


Final das contas

Falei muito e esclareci pouco na coluna da semana passada. O raio da propaganda da Louis Vuitton reuniu Lionel Messi e Cristiano Ronaldo se encarando frente a frente, e com respeitosa ética pessoal, num jogo de xadrez disputado em cima de um belo tabuleiro feito com uma mala da qualificada marca.

No jogo de xadrez não há espaço para o fator ¨sorte¨, sempre aleatório. Ganha quem tem mais inteligência operacional e talento aplicado no espaço geográfico e no tempo previamente definidos. No caso da Copa, um campo e uma partida de futebol.


ARRIBA Y ADENTRO!

Tô gostando de ver a revigoração do roteiro Delícias da Colônia, agora com novos empreendimentos inclusos, além dos já tradicionais. Alguns, infelizmente, meio que se perderam na poeira com o tempo, mas o novo sempre vem, é da vida. E creio que vários outros pontos de destaque no eixo Estrela-Colinas-Westfália logo também terão o merecido destaque.

Eu não vou citar nomes de belos empreendimentos que existem ou estão sendo alavancados nos mais diferentes recantos da região, porque sou capaz de esquecer alguns e ¨pisar no tomate¨, como diz o meu Cumpádi Belarmino.

Aí é melhor consultar fontes mais competentes, melhor elaboradas e mais qualificadas, tipo o livro Vale do Taquari, do Grupo A Hora. Eu sou um mero aprendiz palpiteiro e ninguém é obrigado a seguir qualquer opinião de terceiros, muito menos a minha.


RECEBI E DOU DE COLHER

Essa veio de um amigo cearense: o xaxado é uma dança folclórica do nordeste, que foi inspirada no hábito de matar baratas no chão da cozinha.

(Êita! Vai saber…)


Rubinho das costas ricas

A seleção da Costa Rica realmente levou uma baita ¨lavada¨ da muito boa e jovem seleção da Espanha que, na minha humilde opinião, se não ganha nessa, ganha na próxima.

Provavelmente a Costa Rica vai ser desclassificada já nas oitavas de final, talvez com cem gols contra e nenhum a favor. Uma baita derrota, ou uma grande vitória, apesar dos pesares?

A humilde Costa Rica está disputando a maior competição mundial do futebol e quantas equipes chegaram lá? É tipo o piloto Rubinho, que virou piada folclórica por aqui, sempre chegando bem atrasado. Criaram até uma musiquinha pra tirar um sarro dele: ¨Sempre atrás do alemão, é o Rubinho!¨.

Mas ele estava lá, disputando entre os melhores automobilistas do mundo. Seus críticos chegaram lá? Acho que nem perto. E se tivessem que controlar um jatão terrestre desses, rodando a 300 quilômetros por hora, provavelmente iam ¨sobrar¨ já na primeira curva do circuito, enfiando as guampas no meio do mato.

Acompanhe
nossas
redes sociais