Trabalhando  na medida certa

Opinião

Rogério Wink

Rogério Wink

Trabalhando na medida certa

Por

O profissional dedicava-se integralmente à empresa, cumprindo rigorosamente todos os procedimentos necessários. Chegando e saindo na hora certa. Participando das atividades operacionais do negócio. Contribuindo para o grupo. Realizando seus trabalhos de acordo com os processos definidos pela organização e sua chefia. Ou seja, nada que desabonasse sua postura profissional, quase perfeita.

Um aspecto que chamava atenção. Sua dificuldade para cuidar o seu próprio desenvolvimento pessoal, suas relações, o seu tempo. De repente veio a demissão. A primeira reação foi sentir-se logrado. Tanto tempo dedicado à empresa não serviram para nada? Tanto esforço e a recompensa foi o fim unilateral da relação contratual.

Mas até que ponto não contribuiu para que este final tivesse acontecido? É correto e saudável dedicar-se integralmente à empresa? Talvez seja, mas, integralmente não quer dizer que se deva esquecer de aproveitar seu tempo para manter e aperfeiçoar outras relações e competências. Cuidar da sua própria carreira profissional, não contando com gratidões extras. Cuidando de si para não gerar mágoas em função de alterações de cenários nos negócios. Cenários estes que muitas vezes estão fora do controle, do planejamento. Eles simplesmente acontecem, por mais competente que seja a gestão.
Perguntar para si: o que faço com o meu desenvolvimento? Como implementar uma nova possibilidade? Um plano B?

Aproveitando experiências, boas leituras de fácil acesso e, apoio de pessoas confiáveis (mentores), podemos construir uma nova linha de oportunidades. Ainda que não sejamos 100% donos do nosso tempo, o que muda nosso futuro é se movimentar em vez de ficar estático, “água parada não gira a roda do moinho e apodrece ou água mansa não faz bom marinheiro”.

Vamos desenhar alguns movimentos práticos para construir novas possibilidades. Primeiro façamos o que estivermos fazendo bem feito e atualizado. Atualizado significa que tenha valor, que sirva para prestar algum serviço para alguém e de preferência que seja monetizado pelo mercado. Estabelecer boas relações em todos os momentos nas mais diversas oportunidades que a vida colocar no caminho.

Dentro do possível manter uma boa distância das situações tóxicas. Ressignificar o trabalho a partir de uma equação valiosa de tempo e ação. Trabalhando na medida certa. Utilizar o “tempo livre” para experimentar. Não é necessário abandonar o que estamos fazendo. Pelo contrário, aproveitemos a nossa condição atual para aperfeiçoar e agregar valor. Onde arrumar tempo? Por dor ou prazer sempre se dá um jeito.

Acompanhe
nossas
redes sociais