Um hotel para elevar a régua

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Um hotel para elevar a régua

Por

O Vale do Taquari possui uma rede de bons hotéis já disponíveis aos visitantes. Mas, na média geral, estamos muito aquém se comparados aos grandes centros turísticos do Estado e do país. Seja em número de leitos, ou mesmo na qualidade ou no diferencial das estruturas. Dito isso, é óbvio que o anúncio de uma unidade da rede de hotéis Laghetto em Encantado vai mexer com o setor na região. A tendência natural é elevar a régua sobre todos os demais empreendimentos já instalados nas principais cidades próximas ao Cristo Protetor.

Por ora, não há data para o início das obras. Mas boa parte dos contratos já foi assinada. A ideia é aproveitar o potencial turístico do Cristo Protetor e da Lagoa da Garibaldi, onde a urbanização já possui ligação com o turismo, com o aluguel de casas por meio do aplicativo Airbnb. Além dos leitos para os turistas, o complexo Boulevard Encantado deve receber espaços para eventos, restaurantes conceitos e área comercial. E tudo isso será beneficiado com o asfaltamento da via que interliga a estátua e a lagoa.

O investimento deve ocupar uma área de 15 mil metros quadrados, e conta com investidor local. A rede Laghetto será a operadora do empreendimento. Ontem, algumas imagens (foto) vazaram. Trata-se de um anteprojeto já alterado após a audiência pública realizada no dia 25 de maio, que apresentou novas regras e intenções para o entorno do complexo turístico do Cristo Protetor. E, entre as alterações aplicadas ao projeto original, a limitação para até quatro pavimentos.

A escolha por Encantado contou com a articulação de agentes públicos e privados. A definição do local, aliás, se antecipa às possíveis alterações no plano diretor na câmara e, quem sabe, às mudanças no trânsito e nas vias públicas próximas ao Cristo e à Lagoa da Garibaldi. Mas isso é um debate à parte.

Sobre o empreendimento, é possível prever que outros empreendedores de peso no Estado e no país também calculam as formas e meios de gerar riqueza com a religiosa estrutura de concreto. E o Vale do Taquari ganha e ganha muito com isso.


Tiro-Curto

• O vereador Sérgio Kniphoff (PT) solicita, por meio de requerimento encaminhado ao Executivo de Lajeado, se há regulamentação municipal sobre o uso de praças, parques e afins em relação ao horário de visitação e regramento para a presença de animais domésticos.
• Vereadora de Lajeado, Ana da Apama (MDB) sugere à Mesa Diretora um anteprojeto de lei para a criação do Banco de Ideias Legislativas. A proposição visa um canal direto entre os legisladores e a sociedade, que poderá se valer desse para apresentar demandas e queixas.• Ana da Apama (MDB) também sugere um convênio entre o governo de Lajeado e o Hospital Veterinário da UNISC, em Santa Cruz do Sul, para baratear os serviços de esterilização animal.
• Ainda sobre a câmara de Lajeado, os vereadores Mozart Lopes (PP), Alex Schmitt (PP), Deolí Gräff e Paula Thomas (PSDB) encaminharam um ofício ao Senado Federal, em forma de Moção de Apoio ao projeto do Executivo nacional que dispõe sobre registro, posse e comércio de armas de fogo e munição. E isso muda quase nada na ordem do dia.
• Para finalizar, tem vereador em Lajeado que ainda está bastante incomodado com as reuniões-almoço da Acil.
• Em Lajeado, o governo sancionou a lei que concede título de Cidadão Lajeadense ao empresário Rogério Kappler.
• O governo de Estrela publicou no Diário Oficial do município a aplicação da pena de rescisão de contrato com a empresa terceirizada Lyon, que prestava serviços à Secretaria de Educação. Com a suspensão, ela não pode licitar com a administração municipal durante os próximos 12 meses.
• Em função das chuvas, as visitas na barragem de Bom Retiro do Sul estão suspensas neste fim de semana.
• A oposição em Arroio do Meio anda meio sem assunto. Prova disso é a insistente queda de braço com os propositores do pórtico de acesso ao município.
• Aliás, a divisão da comunidade de Palmas deveria ser uma pauta mais recorrente no plenário e no gabinete do prefeito de Arroio do Meio.
• Pré-candidata a deputada estadual, Márcia Scherer (MDB) tem visitado líderes da região alta do Vale do Taquari. Sem muito alarde, ela participa de importantes reuniões com prefeitos do G18, que seguem na luta para protelar o modelo de concessão das rodovias gaúchas. – A cidade de Encantado está em vias de receber volumosos investimentos, e depende de projetos que repousam no plenário do Legislativo. Enquanto isso, a Câmara de Vereadores, com destaque para parlamentares (não todos, é claro) do MDB e o PP, está mais preocupada em criar novos cargos. E a dúvida é: um ou quatro novas vagas para Cargos de Confiança.


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook

Acompanhe
nossas
redes sociais