Parque recebe projeto de arborização

EM LAJEADO

Parque recebe projeto de arborização

Foram plantadas 30 mudas de espécies frutíferas e ornamentais. Outros projetos, como pista de skate e playground, também são desenvolvidos na área do Parque Ney Santos Arruda

Por

Parque recebe projeto de arborização
(FOTO: Bianca Mallmann)
Lajeado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Já utilizado pela comunidade como um dos pontos de lazer ao ar livre do município, o Parque Ney Santos Arruda recebeu nesta quarta-feira (10), o plantio de mais de 30 mudas de árvores frutíferas e ornamentais. A ação é o início da arborização para a execução do novo projeto paisagístico do espaço e integra o programa Lajeado Mais Verde.

As espécies usadas no plantio foram escolhidas baseadas na coloração rosada e avermelhada que será adotada no parque, além de serem árvores que irão oferecer sombra e frutas para os visitantes. Entre elas, estão mudas de Flamboyant, Cerejeira do Japão e Azaléia.

As árvores foram plantadas seguindo uma lógica de distância e de espécies semelhantes, sendo divididas por canteiros de frutíferas, canteiro de azaleias e cerejeiras e canteiro de corticeiras. A previsão é de que em cinco anos as pessoas já possam aproveitar a sombra das árvores e desfrutar do local totalmente arborizado.

“A relação que eu vejo hoje do parque, com início do plantio das árvores, com o Rio Taquari é algo que está criando uma energia fantástica. Passar aqui nos fins de semana e ver a comunidade usufruindo o espaço faz a gente perceber que foi um acerto investir nesta área”, diz Giancarlo Bervian, secretário do Planejamento, Urbanismo e Mobilidade de Lajeado.

Sobre o parque

O Parque Ney Santos Arruda fica localizado na Rua Osvaldo Aranha, em frente à orla do Rio Taquari. Tem aproximadamente 17,5 mil metros quadrados e contará com um círculo de águas com fonte interativa, playground, pista poliesportiva e estacionamento. Uma pista de skate também é projetada para o espaço.

“Esta pista de skate vai ter características diferentes das pistas normais, das competitivas. Essa vai poder ser usada por pessoas de todas as idades. E vai ser uma exclusividade no Rio Grande do Sul esse tipo de equipamento, nesse formato”, diz Bervian.

A finalização do parque ainda não tem data exata. A expectativa é de que em janeiro, ou ainda no primeiro trimestre de 2022, seja feito um evento para entregar parte da obra.

Acompanhe
nossas
redes sociais