“Sentíamos falta da visitação das pessoas”

COLINAS

“Sentíamos falta da visitação das pessoas”

Festival da Primavera e Confraternização dos Papais Noéis movimenta Colinas desde a sexta-feira. Atividades marcam volta dos eventos presenciais no município

Por

“Sentíamos falta da visitação das pessoas”
Josiane se mostrou contente com movimento no estande da Casa do Artesão / Crédito: Mateus Souza
Vale do Taquari

Colinas respira primavera e o espírito natalino. Desde a sexta-feira, o município sedia dois importantes eventos que simbolizam a retomada das atividades presenciais no município: o 3º Festival da Primavera e a 1ª Confraternização dos Papais Noéis do Brasil.

As atividades movimentam a cidade, mas parte delas se concentram na Praça dos Pássaros. É lá onde estão estandes e a comunidade se concentra para confraternizar. Um dos locais de maior movimentação é a Casa do Artesão, espaço de comercialização de produtos da agricultura familiar e artesanato em geral.

Conforme uma das integrantes do grupo, Josiane Holz, a união das duas atividades trouxe a magia do Natal para Colinas. “A criançada veio em peso. Se tornou uma visitação de família. Para nós, é ótimo. As vendas estão muito boas”, destaca. Para atrair um público mais adulto, a Casa do Artesão fechou parceria com uma cervejaria local para venda de chopp gelado.

Josiane também comemora a retomada dos eventos presenciais em Colinas. “Sentíamos falta dessa visitação, do movimento. Aos poucos, as coisas estão voltando”, comenta ela, que é uma das fundadoras do grupo, criado em 2006. A Casa do Artesão conta hoje com nove integrantes.

Papais Noéis

Neste domingo, durante todo dia, os papais noéis circulam por Colinas e se integraram às atividades do Festival da Primavera. O evento com os bons velhinhos iniciou na sexta-feira e encerra hoje. Mais de 20 profissionais, de diversos cantos do Rio Grande do Sul e estados vizinhos, como Paraná e Santa Catarina, participaram da atividade inédita.

Crédito: Mateus Souza

Acompanhe
nossas
redes sociais