Rogério Wink passa a integrar o Grupo A Hora

OPINIÃO

Rogério Wink passa a integrar o Grupo A Hora

Empresário e economista vem para um programa de rádio multiplataforma

Por

Atualizado sábado,
16 de Outubro de 2021 às 07:05

Rogério Wink passa a integrar o Grupo A Hora
Vale do Taquari
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O empresário e economista Rogério Wink passa a integrar o Grupo A Hora nas próximas semanas. Com experiência superior a duas décadas no mundo da comunicação regional, Wink vem para o A Hora para compartilhar todo seu histórico de conhecimento de vida e de negócios adquirido ao longo de sua trajetória. Atuante em diversas entidades e iniciativas no Vale do Taquari, ele vem para um programa de rádio multiplataforma que se conecta com o momento econômico e desenvolvimentista da região, ao mesmo tempo em que se alinha à proposta editorial do Grupo A Hora. Mais detalhes o A Hora traz nas próximas semanas.

Bafo na nuca

Um movimento popular liderado pelo advogado Daniel Passaia agita o Poder Legislativo de Encantado, a cidade do Cristo Protetor. Passaia reuniu 1,2 mil assinaturas em torno de um projeto onde propõe barrar a reeleição de vereador em mais de uma vez. O abaixo-assinado foi protocolado na câmara de vereadores nessa sexta-feira, 15. Agora, está nas mãos dos vereadores adotarem ou não a sugestão de Passaia e de outros 1,2 mil eleitores do município. Faz tempo que vereadores fazem desses cargos passageiros profissões eternas. E nada é diferente na assembleia legislativa, na câmara dos deputados e no senado federal. Quem sabe Encantado será mais uma vez pioneiro na criação de uma política inovadora para o país. Já construíram o Cristo que ninguém acreditava.

Exemplo prático

Menos de dez lojas abriram as portas em Lajeado no último domingo, véspera do Dia das Crianças. Acordo entre os sindicatos dos comerciários e dos lojistas permitiu abertura das lojas no domingo passado. Mas, e sem novidade, ao calcularem custo benefício, grande maioria optou em não abrir. Este é apenas mais um exemplo crasso do quanto são descabidos o debate e a polêmica criada na câmara de Lajeado em torno do projeto que libera o comércio a funcionar aos domingos e feriados.