Assinado convênio para acessos municipais que esperam por décadas

GOVERNO DO ESTADO

Assinado convênio para acessos municipais que esperam por décadas

VRS-811 e ERS-482 foram incluídas no programa Avançar do governo do Estado

Por

Assinado convênio para acessos municipais que esperam por décadas
Comunidades lindeiras à VRS-811 e ERS-482 aguardam obras de asfalto há pelo menos três décadas. Autoridades renovam promessa e abrem expectativas na região (Foto: Arquivo A Hora)
Vale do Taquari
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Na tarde de ontem, os prefeitos de Arroio do Meio, Capitão e Travesseiro participaram de cerimônia, no Palácio Piratini, para assinatura de convênio que prevê a interligação asfáltica dos municípios de Arroio do Meio e Capitão, pela ERS 482, e com Travesseiro por intermédio da VRS 811, obras que foram inclusas no Programa Avançar do governo do Estado.

As obras de interligação entre os municípios são aguardadas por décadas. O prefeito de Travesseiro, Gilmar Southier, argumentou que a população está desacreditada, pois a promessa vem há mais de 30 anos. “Tenho convicção de que desta vez vai acontecer”, já prevendo para segunda-feira, 18, o pontapé inicial com a Conpasul, empresa licitada. O governo do Estado destinará 13,2 milhões para concluir os 5,7 quilômetros entre os dois municípios.

O prefeito de Capitão, Jari Hunhoff, também celebra a assinatura do convênio e acredita que da forma que foi formatada é possível concluir a obra e entregá-la para a comunidade. “O dia foi histórico para o município de Capitão”, frisa o prefeito. Para a efetivação do trecho de cinco quilômetros de Capitão, o governo do Estado abarcará R$ 2,73 milhões e a prefeitura R$ 5,5 milhões.

Danilo Bruxel, prefeito de Arroio do Meio, logo após o ato já sinalizou o início das obras de Travesseiro para Arroio do Meio, na segunda. Quanto às obras de Arroio do Meio a Capitão, o edital já foi lançado com a abertura da licitação no dia 12 de novembro para, em seguida, assinar o contrato com a empresa vencedora.

Para esta obra o edital prevê o repasse do Estado de R$ 3,27 milhões e o aporte municipal de 10 milhões para concluir os 7,7 quilômetros entre os dois municípios. “O município dará um grande aporte financeiro nesta obra que vai até a divisa com Capitão. Segundo moradores locais a concretização vem sendo sonhada há cerca de 50 anos”, salientou Bruxel.

Acompanhe
nossas
redes sociais