Município orienta haitianos

Estrela

Município orienta haitianos

Com auxílio de tradutor, Secretaria de Saúde de Estrela receberá imigrantes no domingo para passar recomendações sobre a pandemia

Por

Município orienta haitianos
Estrela
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Diante dos cuidados e precauções necessários na pandemia, o idioma pode ser uma barreira a mais. As equipes da secretaria municipal de saúde visitam residências onde vivem imigrantes haitianos no município. O objetivo é verificar quais as condições desta população para lidar com as orientações de distanciamento social.

O foco é nos trabalhadores dos frigoríficos. De acordo com o secretário Elmar Schneider, 169 moradores de Estrela trabalham nas unidades. Destes, 79 são haitianos.

No domingo de manhã, eles serão recebidos na secretaria da saúde, a partir das 9h, para trocar informações com a pasta. O atendimento, com auxílio de um tradutor, será feito em pequenos grupos de duas ou três pessoas por vez.

“Teremos uma conversa com todos estes haitianos que trabalham na Minuano, com auxílio tradutor, para que eles entendem a gravidade deste momento. Vamos dar todo respaldo e orientação necessários”, diz Schneider.

As informações coletadas até o momento dão conta de que é comum que estes imigrantes morem em grupos de até 12 pessoas em uma mesma casa, o que dificulta o distanciamento.

“Como são pessoas que vieram de tão longe para tentar a sorte no nosso país, nós, como brasileiros, temos que estender a mão. Se nós estamos preocupados, imagina eles, que estão longe de sua casa e de seu país”, conclui.

Testes rápidos

A administração municipal adquiriu 400 testes rápidos. O objetivo é testar todos os pacientes que estão em acompanhamento em casa. São acompanhados 130 pacientes que apresentaram sintomas leves e procuraram a estrutura de saúde municipal. O secretário não estima quando todos estarão testados.
Na primeira leva, foram testados 16 pacientes com 3 resultados positivos, uma média de cerca de 20%. O município pretende adquirir mais mil testes nos próximos dias.

Primeira morte no município

Na tarde dessa quinta-feira, 30, o município confirmou a primeira morte por Covid-19. A vítima é um homem de 76 anos, que estava na UTI do Hospital Estrela. O paciente havia sido internado na segunda-feira, 27. Até o fim da tarde dessa quinta-feira, Estrela tinha 18 casos confirmados.