Encontro reúne agricultoras da região

Estrela

Encontro reúne agricultoras da região

Mais de 1,3 mil pessoas participaram do evento alusivo ao Dia Internacional da Mulher

Por

Encontro reúne agricultoras da região
Estrela

Uma celebração de âmbito global também contemplou representantes de grupos e associações femininas do Vale do Taquari.

A 18ª edição do encontro regional de agricultoras reuniu ontem, no Centro Comunitário Cristo Rei, mais de 1,3 mil pessoas.

Atividades recreativas, apresentações artísticas, cerimônia ecumênica e feiras da saúde de produtos coloniais, artesanato e agroindústrias completaram a programação. Um dos destaques foi o momento de diálogo, baseado na temática do evento, “Saúde, previdência e agroecologia”.

Também foram abordados assuntos referentes à autoestima e valorização da mulher, estimulando a reflexão sobre a importância da atuação feminina no meio rural.

De acordo com a secretária do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Ana Eidelwein, o evento, promovido pela Regional Sindical do Vale do Taquari, superou as expectativas dos organizadores. Para ela, o sucesso da comemoração se deve ao exemplo que as mulheres do campo dão na execução das tarefas diárias.

Os clubes de mães, grupos religiosos e associações comunitárias refletem uma grande capacidade de mobilização. “Além do mais, essa data já se tornou um marco para elas, ninguém ia perder”, pondera.

Reconhecimento

De acordo com o coordenador regional dos STRs, Luciano Carminatti, o evento representa a força e a importância da mulher para o meio rural. Além de marcar a luta pela garantia da igualdade de direitos e da valorização da agricultura familiar.

Para ele, a data serve para refletir sobre a falta de políticas públicas que contemplem as atividades rurais e o reconhecimento da real importância do pequeno produtor. “Um Brasil pretensamente sustentável tem que olhar para essas pessoas que ainda não abandonaram o campo”, sugere.

Evidência

Segundo a agricultora destaque do ano passado, Mari de Fátima Weschenfelder, 51, que conta com orgulho ter nascido e se criado na roça, representar a classe é gratificante. Para ela, apesar da falta de incentivo no dia a dia, é bom lembrar do quão importante é o trabalho rural.

Mari relata ter criado e educado três filhos e reflete sobre a dificuldade de manter os jovens no campo. Falta incentivo para a formação escolar e acadêmica. Mas ela não desanima. “Tudo que tenho hoje é resultado do meu trabalho. Tenho orgulho de dizer que sou colona, planto, colho e não me falta nada”, destaca.

Ela passou a faixa para a agricultora Leonir Kapler, 71, de Roca Sales, que permanece no cargo durante um ano. Leonir é mais um exemplo de mulher que ama o que faz. “É muito bom receber esse reconhecimento depois de uma vida inteira de trabalho”, conclui.

Região

As celebrações referentes ao Dia Internacional da Mulher continuam. A Unidade Básica de Saúde oferece hoje, das 8h30min às 11h30min, programação especial. Um espaço voltado à beleza, com maquiagem, pintura de unhas, penteados e coleta do pré-câncer estará disponível para quem comparecer.

Acompanhe
nossas
redes sociais