Municípío inova programação de Páscoa

Colinas

Municípío inova programação de Páscoa

Passeio pelos pontos turísticos da cidade terá participação de atores e músicos

Por

Municípío inova programação de Páscoa

A decoração de Páscoa, instalada em pontos estratégicos e ampliada com a ajuda de comerciantes e moradores que enfeitam fachadas e jardins, e a programação da época foi incrementada. Neste ano quem visitar o município poderá passear em um “trenzinho”, pelos pontos turísticos do município.

O roteiro da excursão ainda não foi definido, mas, de acordo com a secretária de Educação, Cultura e Desporto, Tânia Fensteseifer, deve incluir as praças, a entrada, a prefeitura, o túnel e a estação ferroviária. O itinerário será divulgado, salienta, quando uma opção que evite o problema com o trânsito, que aumenta neste período, for determinada.

Conforme Tânia, a cada ano a administração municipal tenta apresentar novidades que mantenham a procura de turistas pelas atrações temáticas. Em 2016, a parceria com um empresário de Encantado garantiu a inovação.

O veículo tem capacidade para transportar cerca de 50 pessoas em cada viagem, e passou por adaptações que garantem a segurança dos passageiros. Outro diferencial disponível para os turistas, destaca, será a interação com atores e músicos, contratados para animar o passeio.

Os preparativos devem ser concluídos até a véspera da abertura da temporada, que ocorre no dia 12 de março, na Praça dos Pássaros. Segundo Tânia, mais de 600 coelhos foram distribuídos pela cidade, e podem ser vistos em bicicletas, gramados, esquinas, paradas de ônibus e telefones públicos. Durante a noite, revela, o passeio será ainda mais bonito, com mais iluminação.

Preparativos no comércio

Durante a programação de Páscoa, de 12 a 27 de março, a presença dos visitantes muda a rotina da cidade. De acordo com Tânia, nos dias mais movimentados, cerca de quatro mil pessoas passam pelo município.O aumento demográfico temporário proporciona a ampliação do número de negócios no comércio local. Segundo a presidente da Associação de Artesãos, Cristina Hoppen Horst, a preparação para a época começa logo depois do Natal.

Cristina, que no ano anterior, chegou a vender mais de 70 cucas em apenas um dia, também projeta aumento na comercialização. “Preferem com o rótulo padronizado e procedência garantida, tudo legal, e vai ser ainda melhor do que em 2015”, conclui.

Acompanhe
nossas
redes sociais