Oposição se une e escolhe  Lanius como pré-candidato

Notícia

Oposição se une e escolhe Lanius como pré-candidato

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Sete partidos da oposição deixaram para trás, pelo menos na teoria, as dife­renças políticas para se coligarem com o PMDB para as próximas eleições. Ontem à noite, na câmara, eles apoiaram a pré-candidatura de Ito Lanius a pre­feito. O deputado estadual Daniel Fontana (PCdoB) disputará como vice. Por enquanto.

Lanius tentou desconversar, mas o presidente do PMDB, Celso Cervi confirmou a pré-candida­tura. A composição foi formada por todos os que se manifestaram contrários à gestão de Carmen Re­gina Cardoso.a

Estarão na mesma coligação, também, PSDB, PTB, PPS, PV, PSD e DEM. O vereador Antônio Sche­fer (PTB) ressalta que a união dos partidos mostra a necessidade de uma terceira via para 2012, con­correndo contra o PP e o PT. Ele destaca que a reunião é apenas o início das negociações para apre­sentar um plano de governo que seja benéfico a todos.

O presidente do PSDB, Marcos Luiz Kopp acredita que a diferen­ça de ideologia não atrapalhará no pleito. “Fazendo os ajustes necessários, as ideologias podem ter diferenças, mas o pensamento tem que ser o mesmo.”

André Kielling, presidente do PV, demonstrou mágoa com o atu­al governo. Segundo ele, o partido foi “jogado para a oposição” por não ter sido escutado depois de ter ajudado na eleição de Carmen. Kielling conta que o PMDB convi­dou o partido com uma proposta de um plano de governo voltado para o desenvolvimento sustentá­vel da cidade.

A coligação poderá aumentar até o fim do ano. O PMDB negocia com o PSC, o PPL e o PDT para ade­rirem à terceira via. A pretensão é concorrer com uma nominata de, pelo menos, 70 candidatos a vereador.

Afastamento do PT

Os partidos de esquerda não escondem o descontentamento com a forma que o PT negocia as coligações. Schefer aguardou até o fim de outubro uma defini­ção petista. Como nada ocorreu, decidiu se coligar com o PMDB.

“O (Luis Fernando) Schmidt saiu muito mal quando se anun­ciava como candidato a prefei­to”, critica. Ele informa que faltou humildade ao deputado estadual.

Para o presidente do PCdoB lajeadense, Jorge Luiz da Rosa, o racha interno do PT atrapalhou a conversação. Conforme ele, a indecisão sobre quem concorre­rá – se Schmidt ou o vereador Sérgio Kniphoff – é prejudicial para os comunistas.

Mas todos afirmam que as portas estão abertas para os pe­tistas. Cervi informa que uma definição deve ocorrer em abril e acena com a possibilidade de Lanius ser o candidato a vice em uma eventual coligação.

Fontana concorda e diz que não haverá problema em decli­nar a candidatura à majoritá­ria. Ele acredita que a vaidade pessoal dificultará a disputa com a atual prefeita.

i-fon�ml�ng �c Cn BT”;color:black’>– produtores da região aguardam a ocorrência de chuvas para continuar a semeadura.

Arroz – o plantio do arroz se­gue em ritmo mais lento que em anos anteriores devido à falta de umidade do solo.