Produtos ficam mais caros no fim de ano

Notícia

Produtos ficam mais caros no fim de ano

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Carne, roupa e cerveja encabeçam uma lista de mercadorias que sofrerão aumento no fim do ano em todo o estado. Em média, conforme levanta­mento da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), o acréscimo no preço de alguns produtos pesquisados será de 6,9% em relação a dezembro de 2010. A pesquisa não consi­dera a inflação do período.

O maior aumento será na venda de carne para churras­co. A projeção da Agas é que o preço do produto suba 15% em relação ao fim de 2010. Se­gundo o presidente da Agas, Antônio Cesa Longo, o setor supermercadista demonstra preocupação com o abasteci­mento de alguns cortes de car­ne. “Alguns enfrentam proble­mas com entregas de costela bovina.”

carneLongo comenta que cortes nobres, como picanha e filé mignon, registram aumentos no preço pago aos frigoríficos. Na região, o preço do quilo da picanha ficará em torno de R$ 25,59 em dezembro, e o filé mignon chegará a R$ 28. A projeção é que a costela bovi­na custe até R$ 12,26.

Conforme a pesquisa, as rou­pas aumentarão 8,3% e a cer­veja 8%. Alimentos caracterís­ticos em festas de fim de ano terão aumento no preço. Peru, chester e pernil devem custar até 5% a mais em relação às festas do último ano. O paneto­ne aumentará 4,5%, enquanto champanhe e espumante fica­rão 4,3% acima do preço.

Outras projeções da Agas

– Devem ser abertas 3,2 mil vagas temporárias de emprego para o período do Natal, Ano-Novo e veraneio;

– 55,1% dos supermercadistas pretendem aumentar o número de funcionários neste período;

– R$ 20,2 bilhões é o valor pre­visto de faturamento do setor supermercadistas em 2011.

Aumentos previstos

Produto – Variação no preço*

Carnes para churrasco +15,0%

Roupas +8,3%

Cervejas +8,0%

Eletroeletrônicos +8,0%

Refrigerantes +6,2%

Peru/Chester/Pernil +5,0%

Produtos alimentícios +4,8%

Panetones +4,5%

Champanhes e espumantes +4,3%

Bacalhau +2,0%

Brinquedos +1,4%

* Em relação ao fim do ano de 2010