Região é destaque no Prêmio Gestor Público

Notícia

Região é destaque no Prêmio Gestor Público

Por

Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Arroio do Meio, En­cantado, Lajeado e Santa Clara do Sul receberam, ao me­nos, uma premia­ção na 10ª edição do Prêmio Gestor Público (PGP), em ceri­mônia ontem, no Teatro Dante Barone da Assembleia Legisla­tiva. Ao todo, o Vale participou com 12 projetos.

O PGP é um dos prêmios mais cobiçados pelas administra­ções municipais do interior do estado. Arroio do Meio recebeu certificado de reconhecimen­to de programa, assim como Lajeado e Santa Clara do Sul. Encantado foi o único a rece­ber duas premiações, todas na área de educação.

Até o fechamento desta edi­ção, Lajeado conquistou, tam­bém, o PGP de Tecnologia da Informação (TI), com o Progra­ma de Modernização da Admi­nistração Tributária (PMAT).

A secretária de Administra­ção de Lajeado, Eliana Heberle representou a prefeita Carmen Regina Cardoso na premiação. Segundo ela, só o fato do Exe­cutivo participar da premiação é motivo de comemoração.

Lajeado teve o PMAT e o “Re­gras, Por Que Não?” seleciona­dos pela organização para o PGP. O primeiro teve um inves­timento de quase R$ 3 milhões e proporcionou mais agilidade no sistema do Executivo lajea­dense.

Para a coordenadora pedagó­gica do programa educacional, Vanessa Ely, a possibilidade de premiação legitima a inicia­tiva da administração muni­cipal, anunciada em março. O “Regras, Por Que Não?” foi criado para unir a comunida­de escolar e os pais.

A opinião da representação lajeadense é compartilhada pelo prefeito de Arroio do Meio, Sidinei Eckert, e pelo vice-pre­feito de Encantado, José Calvi. Eckert ressalta a grandiosida­de da premiação, que possi­bilita o estado a conhecer os programas de gestão pública feitos pelo Executivo de Arroio do Meio. O município teve qua­tro projetos selecionados.

A premiação é organizada pelo Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Tri­butária do Rio Grande do Sul (Sindifisco-RS). Foram 170 pro­jetos inscritos por 70 adminis­trações municipais.

Projetos do Vale do Taquari selecionados

Arroio do Meio

– Curso de capacitação de agri­cultores: desde abril de 2010, mais de 200 agricultores participaram dos 15 cursos gratuitos de capa­citação oferecidos pela adminis­tração municipal, em parceria com a Emater, sob orientação de profissionais do Senar. O proje­to qualificará e desenvolverá as agroindústrias locais.

– Agricultura familiar na ali­mentação escolar: iniciado em 2010, 15 agricultores fornecem cerca de 20 variedades de ali­mentos às escolas municipais. O projeto priorizará a alimentação saudável e estimulará a venda dos produtos da agricultura fa­miliar.

– MelhorAção: lançado em maio, o projeto MelhorAção amplia as atividades no turno oposto, em uma parceria com a Univates e as escolinhas espor­tivas que ocorrem nos ginásios dos bairros Glória, Rui Barbosa e São Caetano. Atende cerca de 600 alunos do Ensino Fundamental.

– Atendendo o Cuidador: a par­ceria com o Hospital São José possibilitou, desde 2010, a reu­nião entre familiares que têm idosos acamados. Os encontros semanais são ministrados por profissionais da saúde, que abor­dam: nutrição, enfermagem, far­mácia, fisioterapia, assistência social e psicologia.

– Atendimento 24 horas de Arroio do Meio: implantado em março, o Hospital São José tem o Médico 24 horas, para casos de ur­gência e emergência. Houve a am­pliação do atendimento médico. Cerca de 1,3 mil atendimentos são prestados mensalmente e o inves­timento é de R$ 80 mil/mês.

Santa Clara do Sul

Projeto 1 – Programa Escola Empreendedora: implantado em 2010, o programa viabiliza no­vas práticas pedagógicas para mudar a metodologia dosprofes­sores. Com o projeto, percebeu-se maior envolvimento dos alunos e a diminuição da evasão esco­lar.

– Projeto 2 – Projeto Educacio­nal Santa Flor: ele envolveu todas as comunidades escolares com a primeira feira das flores, reali­zada nos dias 2 a 4 de setembro. Com a feira, o município diversi­ficou a economia santa-clarense, baseada na agricultura.

Encantado

– Ambravat, Somando forças para salvar vidas, que relata o histórico do Corpo de Bombei­ros Voluntários e sua Associação com os municípios envolvidos.

– Vulnerabilidade à Recupe­ração com Dignidade, sobre o Centro de Atenção Psicossocial (Caps).

– Retratando o Município e Contando Histórias da Comu­nidade, que apresenta uma co­letânea de fotos e retomada da história das comunidades do município. Os projetos foram co­ordenados por Airto Gomes, com a colaboração de Luciano Mores­co, Adil Feraboli, Marino Deves, Roseli Mottin Soares, Sander Ber­tozzi e da Emater.

Lajeado

– Projeto Regras Por que Não?: propõe a reflexão entre pais, alu­nos e professores sobre a importân­cia das regras para o bom convívio escolar. Os combinados são criados pelos alunos e debatidos em salas de aula pelos professores.

– Programa de Modernização da Administração Tributária (PMAT): amplia a modernização e a profissionalização da gestão pública com a tecnologia da in­formação. Foi instalada uma rede wireless (sem fio), integran­do diversos setores da adminis­tração municipal, agilizando o atendimento à população.

Acompanhe
nossas
redes sociais