Investidores têm nova opção imobiliária

Notícia

Investidores têm nova opção imobiliária

Por

Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Atentos ao déficit de 300 leitos no Vale e a desaceleração das locações motivada pelos créditos imobiliários, empresários apostam em um hotel que fica pronto em 2014 terá 84 quartos vendidos a investidores.

A expectativa de lucros anuais superiores a 10% do investimento inicial será estímulo para as vendas das primeiras 14 unidades com preços reduzidos.

aspenNessa quinta-feira, o empreendimento foi lançado junto à garagem e o centro comercial Center Park (veja boxe). Localizado na entrada do bairro São Cristóvão, o hotel executivo Aspen terá 84 apartamentos e 7,8 mil metros quadrados. A construção começa no primeiro semestre de 2012.

Os apartamentos de 26 metros quadrados serão vendidos mobiliados. Compradores terão direito a frações do rendimento dos 20 boxes de estacionamento disponíveis. Ao fim de cada mês, os lucros serão divididos proporcionalmente entre os investidores.

As 14 unidades do primeiro lote serão vendidas por R$ 137,8 mil com possibilidade de 25% de entrada e parcelamento em 35 vezes. O empreendimento será administrado pela equipe da rede hoteleira criada em Caxias do Sul e poderá gerar cerca de 20 empregos diretos.

Segundo Marcelo Munhoz, dono da imobiliária responsável pela venda dos espaços, o rendimento mensal esperado é de mais de 6% do investimento inicial.

Uma reportagem na mais recente edição da Exame aponta que as aplicações em hotéis valorizaram até 62% em 2010. Eles têm apresentado as maiores taxas de ocupação da década.

Faltam leitos na região

Segundo o investidor Marcos Frank, uma pesquisa que apontou a falta de leitos na região motivou o projeto. “É o negócio com maior solidez no mercado imobiliário hoje.” Se a taxa de ocupação de 80% esperada se mantiver, em cerca de dez anos o investimento “se pagará”.

O público-alvo do empreendimento serão os profissionais que trabalham na região durante a semana e quem a visita nos sábados e domingos. Quando a Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil) realizou um evento no início do ano, muitos convidados precisaram ficar hospedados em Bento Gonçalves.

Esse e outro imóvel que deve ser construído próximo do terreno do novo estádio do Clube Esportivo Lajeadense, em uma área de 10 hectares, aumentará a capacidade de hospedagem no Vale para cerca de três mil leitos.

Hoje são 2.644 leitos, distribuídos em 41 hotéis e 11 pousadas que enfrentam o desafio de capacitar a mão de obra para um mercado cada vez mais exigente.

Espaço para 1,3 mil veículos

Na ocasião, houve o lançamento do prédio de garagens e do centro comercial Center Park. O estacionamento rotativo particular com 42 mil metros quadrados e vagas para 1,3 mil automóveis fica na rua Saldanha Marinho, entre a Av. Benjamin Constant e a rua João Abott. O investimento é ideia de seis empresários de Lajeado.

Inaugurado em meados do ano que vem, esse será o maior imóvel da região. Serão oferecidas 42 salas em um prédio anexo e com frente para as novas instalações do Hospital Bruno Born (HBB).

A venda dos imóveis é feita pela imobiliária de Marcelo Munhoz. Segundo ele, durante a Construmóbil novas vagas entram no mercado.

Acompanhe
nossas
redes sociais