Deve gear hoje e amanhã no Vale do Taquari

Notícia

Deve gear hoje e amanhã no Vale do Taquari

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O frio intenso deverá con­tinuar, pelo menos, até o fim de semana. Conforme dados do Centro de Infor­mações Hidrometeorológicas (CIH) da Univates, a previsão é de geada hoje e amanhã.

A técnica do CIH, Juliana Tomasini afirma que nos próximos dias, uma massa de ar polar que atua sobre o es­tado deixará o tempo firme com pre­domínio do sol. As temperaturas fica­rão baixas durante as noites, fazendo muito frio, e as tardes serão amenas.

frioEm 2010, a temperatura mais baixa registrada no campus da Univates foi no dia 3 de agosto, quando a mínima fi­cou em 1,8°C. Juliana relata que este in­verno tende a ser típico – com chuvas abaixo da normalidade e baixas tem­peraturas, próximas de zero graus.

Segundo a técnica, a previsão é de um inverno mais seco, principal­mente na primeira metade da esta­ção, devido à influência do fenômeno La Niña. Ele causa uma alteração nas condições meteorológicas, responsá­vel pela diminuição das chuvas.

O dia mais frio do ano foi no dia 5 de junho, quando a temperatura chegou a 2,2ºC no campus da Univa­tes. Ontem, a temperatura mínima ficou nos 4,7°C. Hoje, será de 3ºC e amanhã sobe para 4ºC.

Em Sério, por volta da meia-noite desse domingo, nevou no município, e a segunda-feira começou com -1ºC. Lidia Danielli, 73 anos, moradora do centro da cidade, acha o inverno agradável para estar perto da famí­lia, tomar chimarrão com sua filha Susana e genro Valmor. “O inverno ao mesmo tempo que é de arrepiar se torna caloroso, pois ficamos mais perto de quem amamos.”

Paulo Ariotti, 47 anos, de Lajeado, passou o fim de semana na tia Inês Sartori, 66 anos. Ele diz que gosta de vir à cidade, mas o frio o espanta. “A diferença é grande de Lajeado.”

Venda aumenta 50%

As baixas temperaturas ani­mam os lojistas. Conforme a gerente de produto de uma loja de eletrônicos de Lajeado, Janemara Testolin, a procura por aquecedores aumentou 50% nos 20 dias de junho em comparação com o mesmo mês em 2010.

Esse produto é o mais ven­dido neste inverno devido ao preço e a função – aquece e desumidifica o ambiente. Cada unidade varia entre R$ 50 e R$ 700 dependendo do tamanho.

Os condicionadores de ar são os segundo mais vendi­dos. Eles também têm duas funções e são usados mais no verão. Os mais procurados são o de 7 mil a 12 mil BTUS.

Os antigos aquecedores – os fogões a lenha – estão ganhando neste ano, espaços privilegiados nas lojas. Con­forme uma gerente, Maria Helena Dick Zanatta, sempre há procura por esse utensílio.