Contato com a sociedade muda cultura

Notícia

Contato com a sociedade muda cultura

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Pelo menos 350 índios da tribo caingangue moram na região, divididos em duas aldeias: em Lajeado, às margens da ERS-130; e em Estrela, próximos da BR-386. De acordo com o cacique da comunidade lajeadense, Dilor Gaten Vaz, 47 anos, o contato com o “povo branco” trouxe algumas mudanças culturais.

indioO artesanato deixou de ser a principal fonte de lucro dos índios, correspondendo a 20% da economia. Vaz diz que muitos têm empregos para complementar os ganhos. Ele trabalhou em uma empresa de abate de animais em Lajeado.

A agricultura também perdeu espaço. Para o engenheiro agrônomo da Fundação Nacional do Índio (Funai), no estado, Cézar Augusto Stein, isso é uma dificuldade das aldeias que vivem nas periferias das cidades do Vale e da região metropolitana.

Segundo Stein, as comunidades têm poucos habitantes – em Lajeado, são 150 e, em Estrela, 200 -, dificultando o cultivo de alimentos para a subsistência. Segundo ele, isso motivou os índios procurarem emprego nas cidades.

Convivência com a tecnologia

Vaz mora em uma casa de madeira com a esposa e duas filhas. Ele tem uma televisão com antena parabólica, rádio com tocador de CD e telefone celular. Apesar do contato diário com a tecnologia, ele afirma que a cultura da aldeia não é afetada – tanto que eles se comunicam pelo idioma original.

As filhas Gesiele, 11 anos, e Juciele, 13 anos, gostam de usar o computador. Como não têm um em casa, costumam acessá-lo na Escola Monteiro Lobato, onde frequentam a 5ª e a 6ª séries, respectivamente.

“A tecnologia é avançada e nós buscamos controlá-la.” Ele acredita que, se o acesso for facilitado, poderá atrapalhar a comunidade. Para tanto, Vaz descarta a compra de um computador.

Para Stein, o contato com as tecnologias é inevitável. “Toda a sociedade é dinâmica e não seria diferente com os índios.” Ele afirma que as tribos permitem o acesso, desde que a cultura continue a ser difundida.

Saiba mais

População indígena do Brasil: 503.917

População caingangue no RS:

17.851(dados de setembro de 2010)

Número de terras indígenas caingangue: 14

Número de acampamentos e/ou áreas em estudos ou áreas cedidas: 17