Aumento de furtos e roubos intriga a polícia

Notícia

Aumento de furtos e roubos intriga a polícia

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Nesta semana, oito veículos foram levados por bandidos na região. A maioria deles estavam estacionados nas ruas transversais do centro de Lajeado. A Brigada Militar (BM) procura a quadrilha há meses e forma barreiras nas proximidades destas ruas na tentativa de amenizar o crime, mas os números continuam crescendo.

Conforme estatísticas da Secretaria Estadual da Segurança Pública, em janeiro e fevereiro foram registrados nos 37 municípios do Vale do Taquari 61 furtos e 18 roubos de veículos. Neste mês, em Lajeado, foram registrados 15 furtos e cinco roubos de veículos. Destes, dez foram recuperados.

furtoNa segunda-feira duas motos foram furtadas na rua Santos Filho, no centro de Lajeado. Uma Titan, azul, placas IGA-1746, estava estacionada em frente ao Banco Sicredi e a outra Titan, prata, placas IKO-8119, nas proximidades com a Júlio de Castilhos.

Waldemar Ely teve seu Kadett ano 94, verde, placas IIA-8439, furtado próximo da Rodoviária de Lajeado durante a segunda-feira. No mesmo dia, à tarde, foi furtado na rua Alberto Torres, próximo da Av. Décio Martins Costa, um Gol mil ano 94, branco, placas ICA-3325, de Vanderlei Castoldi.

Efetivo aumentou

Na sexta-feira, 18 soldados que estavam no litoral trabalhando na Operação Golfinho retornaram a Lajeado. Durante a segunda-feira eles atuaram nas ruas da cidade, mesmo assim quatro veículos foram levados.

Conforme o comandante da Brigada Militar (BM) de Lajeado, major César Augusto da Silva, o trabalho ostensivo está sendo feito, mas os bandidos conseguem burlar e levar carros que inclusive tem acessórios de segurança.

Ele cita que o departamento de investigações da BM trabalha para descobrir a quadrilha que atua na cidade e afirma que se reuniu recentemente com o delegado de Polícia, José Romaci Reis, para projetar ações.

Forma de atuação

Os carros mais procurados pelos bandidos são os populares, entre eles o Uno e o Gol. As motocicletas mais visadas são Titan e YBR. Desde o ano passado as ruas transversais entre a Júlio de Castilhos e a Bento Gonçalves tornaram-se pontos de furtos e roubos de carros junto com o Parque dos Dick.

O chefe das investigações, Paulinho Cavalheiro, acredita que os bandidos tenham uma chave abre tudo, pois levam os veículos discretamente. “Não há ocorrência envolvendo veículos com ano superior a 2000, que tem chave decodificada”, diz.

A polícia trabalha com a hipótese que os veículos são levados para desmanches onde as peças de carros populares são procuradas e vendidas com facilidade.

tabela

Dicas de segurança

O Conselho Municipal de Segurança de Estrela criou uma cartilha com dicas de como os motoristas devem agir para não terem seus veículos furtados;

– Não deixe o veículo estacionado na rua ou em locais escuros durante a noite ou madrugada. Procure deixá-los em locais iluminados ou vigiados;

– Saiba de cor a placa do seu veículo. Utilize travas e alarmes no carro;

– À noite sem sinaleiras fique atento ao retrovisor e mantenha o veículo a uma distância razoável do carro da frente. Essa providência facilitará o arranque em caso de emergência;

– Evite namorar ou ficar conversando dentro do veículo à noite;

– Acostume-se a não deixar as portas e janelas do veículo abertas quando parado, inclusive, nas sinaleiras.