Mulheres consolidam sua força e potencial

Notícia

Mulheres consolidam sua força e potencial

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Poucos estranham encontrar uma mulher atuando em campo masculino. É notório que elas expandiram sua atuação e dividem espaço de trabalho com os homens.

Em Estrela e Encantado, três mulheres são exemplos de que basta querer e se propor a realizar para que a tarefa se descaracterize como sendo exclusiva deles.

Há seis meses, Andresa Sonda, 20 anos, pratica jiu-jítsu em Encantado. O esporte foi indicação médica para tratamento contra o câncer no útero, diagnosticado há um ano e meio.

A modalidade conceituada como masculina, conquistou Andressa que não se importou em ser a única mulher da turma.

frentistasEla conta que ao receber o prognóstico de sete meses de vida teve medo de morrer sem realizar o que tinha vontade. Mudou sua postura se preocupando mais com a saúde e aproveitando melhor o tempo. “Quando temos tempo determinado de vida, tudo muda”, avalia.

No jiu-jítsu Andressa conquistou qualidade de vida, diminuiu a tensão, desenvolvendo autocontrole, trabalhando defesa pessoal e a ansiedade.

Hoje ela agradece a Deus a cada passo dado. “O que eu não fazia antes? Ser feliz”, conclui.

Andressa se prepara para avançar na modalidade e receberá a faixa azul em junho.

Elas são frentistas, sem preconceito

As irmãs Regina Ines Rybar, 36 anos, e Rejane Berwanger, 31 anos, trabalham juntas em um posto de combustível em Estrela como frentistas e dizem que não sofrem preconceito pela função.

Rejane trocou o emprego de balconista pelo de frentista há oito anos. A vaga lhe pareceu perfeita para conquistar amigos e estar em contato com o público. A boa remuneração foi o fator decisivo para encarar o desafio de uma profissão tida como masculina.

Ela trabalhou em três postos diferentes e gosta de estar no que define como “vitrine” da cidade, pois é vista e sabe tudo o que acontece. O marido reclama que a mulher é mais falante no trabalho do que em casa. “Ele tem um pouco de ciúmes principalmente quando atendo homens”, diz.

Rejane influenciou Regina a seguir a profissão. A irmã mais velha está há três anos no ramo. Como atuou 16 anos com vendas, algumas vezes enfrentando pessoas sisudas, sentia a necessidade de trabalhar onde os clientes fossem mais simpáticos.

Ela procura manter o bom humor no dia a dia. “Acho importante estar sempre com um sorriso no rosto, quando atendo aos clientes”, diz Regina. A frentista busca oferecer o tratamento que não recebia quando ia com sua moto em outros postos.

As duas trabalham no mesmo posto e no mesmo turno há quatro meses. Quando souberam que seriam colegas vibraram. Juntas sentem-se protegidas uma pela outra.

As duas dividem-se nas tarefas. Uma fica responsável pelo combustível e a outra verifica o óleo e a água do motor ou limpa o para-brisas. Os clientes elogiam o trabalho delas. Para Regina, as mulheres estão conquistando mais espaço nas profissões por serem mais pacientes e mais delicadas do que os homens.

Regina diz que as pessoas percebem que elas são irmãs e as confundem, trocando os nomes.

O convívio de sete horas diárias é pouco para as duas. Nos fins de semana, elas reservam um tempo para visitarem juntas seus pais ou realizar encontros familiares.

PROGRAMAÇÃO PARA O DIA DA MULHER NOS MUNICÍPIOS

Cruzeiro do Sul

Dia 8 de março excursão para Forquetinha. Sairá ônibus às 8h30min no STR passando por São Gabriel, Boa Esperança Baixa, Boa Esperança Alta, Linha 25 de Julho , Picada Aurora via Santa Clara do Sul.

Forquetinha

Dia 8, às 8h30min, visitação ao Parque Temático e roda de chimarrão; às 10h – Início do Campeonato Estadual de Eisstocksport; escolha da Mulher Agricultura Destaque Regional 2011; 11h, apresentações artísticas; 11h30min, almoço de confraternização; 13h30min, baile com animação de dois conjuntos musicais.

Estrela

A 5ª edição do Multimulher. A programação inicia-se no dia 8 com o Encontro Regional STR, às 9h, em Forquetinha.

Dia 14 – das 14h às 15h – Blitz da Mulher / Brigada Militar/ Liga de Combate ao Câncer, na Av. Rio Branco. Às 18h, Happy Hour com Márcia Tiburi e desfile da designer Tatiana Maffisoni, na Sociedade Rio Branco

Dia 15 – 14h – Palestra sobre câncer de pele com Sandro Duarte e Vanessa Duarte e desfile de modas com chá da tarde, no ginásio Novo Paraíso.

Dia 16, às 13h30min – Palestra com Hugo Schünemann, no auditório do Hospital de Estrela.

Dia 17, às 19h – Palestra motivacional com Adriana Braga Matos Babot, no Auditório da Faculdade La Salle.

Dia 19 – Caminhada da Saúde com saída às 9h da Brigada Militar. Coleta de sangue para doadores de medula óssea, das 10h às 16h.

Dia 20, às 20h – Peça teatral “Quem pensa, não casa”. Desfile de Noivas Loja Ponto Alto, no Salão Social da Soges.

Dia 28 março a 12 abril – Exposição de fotos: Mulher em tudo – Azogue, na Secretaria de Cultura e Turismo.

Lajeado

Dia 24 missa com o padre Ronaldo Miguel (pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, do Bairro Moinhos). Será às 18h, no Parque do Engenho.

Arroio do Meio

Dia 9, às 19h, filme Zuzu Angel no Cineclube da Secretaria de Educação e Cultura. Dia 10, às 14h palestra da enfermeira Maica Adams, sobre alimentação saudável, atividade física, cuidados com pele e cabelos, noções de maquiagem e autoestima. Dia 11, Sérgio Kehl palestra às 13h30min e 16h30min, na Comunidade São Paulo, com a participação da delegada Márcia Scherer.