Atrase o relógio no domingo

Notícia

Atrase o relógio no domingo

Por

Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

O horário adiantado em uma hora foi adotado por moradores das regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste.

Na virada de sábado para domingo os relógios deverão ser atrasados em uma hora. Segundo dados da AES Sul, a medida garantiu uma economia de 5%, principalmente entre as 19h e às 22h.

horarioVários países fazem mudança no horário para aproveitar a luminosidade do período. No Brasil ele foi adotado em 1985, “esticando” o final das tardes para reduzir a demanda por eletricidade.

Na quinta-feira, a dona de casa, Lili Petry, aproveitava o fim de tarde às margens da lagoa no Parque dos Dick com o marido, filho e neta. Segundo ela, o fim do horário de verão significa tardes menos compridas e cansativas.

Lili aponta que não notou economia nas contas de luz nos últimos quatro meses. Fator que atribui à necessidade do uso de ar condicionado para reduzir o calor. “O que economizamos no chuveiro gastamos no resfriamento”, diz.

Segundo ela, quem sofre são os trabalhadores da indústria. Ela diz que o filho, Arilton Petry, devido ao calor dorme mais tarde e precisa acordar às 5h para não perder o expediente na empresa. “Com o horário voltando ao normal perdemos uma hora de tarde e ganhamos uma hora de sono”, diz.

Tuane Eggers, assessora de imprensa gosta do horário de verão, mas não de calor. Para ela, o ideal seria: “horário de verão no inverno, sol por mais tempo quando está frio. Sei que é fora da lógica, mas seria perfeito”, diz.

Elifas de Vargas, diretor de arte, prefere o horário de verão. Segundo ele, a hora extra permitiu aproveitar o período após o expediente em sua empresa.

No fim de semana passado, o seu relógio atrasou uma hora por conta própria durante a madrugada e ele acordou atrasado. “O Computador foi outro que, mudou sozinho, confundindo a entrega de trabalhos”, diz. Para Elifas, o período deixa saudade e a certeza que o ano começou de fato.

Acompanhe
nossas
redes sociais