Internet está ao alcance de 56% da população

Notícia

Internet está ao alcance de 56% da população

Por

Dreams - Lateral vertical - Final vertical

Uma pesquisa enco­mendada pela Certe­lnet revela que mais da metade dos mora­dores do município tem acesso à internet. O levantamento fei­to em outubro de 2010 surpre­ende especialistas da área. O bairro campeão é o Florestal, onde 90% dos residentes são in­ternautas.

A pesquisa mostra que o pai é quem efetiva os contratos com as operadoras por pedido dos filhos. E o maior desejo de ser­viço adicional à internet é a TV por assinatura.

A idade que mais acessa é en­tre 25 e 35 anos. A classe eco­nômica mais bem-sucedida dis­para no número de cadastros. Contudo, a classe C surpreende com mais de 50% dos morado­res acessando a rede.

internetO diretor de tecnologia da as­sociação gaúcha de provedores, Marcus Vinicius Lazzari, afirma que cada vez mais as empresas optam em ter pelo menos um site de vendas ou divulgação do nome, devido ao crescimento de acessos.

Lazzari é diretor-geral da Cer­telnet e comenta que a pesqui­sa foi feita só em Lajeado por­que é a cidade-polo da região e reflete no crescimento dos ou­tros municípios. Ele conta que os números surpreenderam e superaram as expectativas da empresa.

O diretor da Certel, Egon Ho­erlle, pretende utilizar os resul­tados do estudo para investir e implantar novos serviços à empresa. Ele espera que com a facilidade da compra de com­putadores os acessos à internet se multipliquem rapidamente.

Liquida Lajeado fez promoções instantâneas pelo Twitter

A Câmara de Dirigentes Lojis­tas (CDL) de La­jeado neste ano inovou na pro­moção, Liquida Lajeado. A entida­de usou sites de relacionamento da internet para promover gratui­tamente a cam­panha. A promo­ção foi posta na rede na quarta-feira à tarde e na quinta-feira às 6h42min ha­via 500 pessoas cadastradas no site e cem seguidores no Twitter. A coordenadora, Soraide Gräff, calcula que mais de 150 mil pes­soas vejam as promoções do CDL em três dias de campanha.

Soraide diz que o Twitter foi opção da entidade por motiva­ção da agência publicitária que presta o serviço e devido a uma frase usada pelo criador do site de relacionamento, que segun­do a coordenadora diz: “mais de seis bilhões de pes­soas usam o Twitter. Quem não acessa é desatualizado ou idiota”.

A internet seguirá como ferramenta nas próximas cam­panhas da entida­de. Neste ano, seis participantes foram premiados com va­les-compra. Bastava a pessoa cadastrar-se no site ou retwittar as pro­moções no Twitter e indicar o e-mail de dois amigos para ga­nhar R$ 200 em compras e R$ 50 para cada amigo.

Site de compras coletivas

Desde dezembro entra­ram na rede dois sites de compras coletivas – Descon­to Ativo e Preço Louco. Dia­riamente uma empresa da região oferta produtos com descontos de 50% a 90%. Os usuários cadastrados, que ultrapassam mais de dois mil, recebem por e-mail as promoções e podem fazer a compra on-line.

A ideia é inovadora na ci­dade e foi baseada no cresci­mento de acessos e compras pela internet. Os produtos são variados, vão desde ba­res e ensaios fotográficos até cursos de idiomas.

Expansão da propaganda on-line

Mais de 700 empresas es­tão cadastradas no site do guia prático versão on-line. Uma empresa de publicida­de e propaganda de Lajeado criou o Achei Fácil. Ele circu­la pela região e tem disponí­vel na internet formas gra­tuitas de cadastramento.

Recentemente, oportuni­zaram dentro do próprio portal – acheifacil.net – um sistema para criação e ad­ministração de módulos. A partir de um endereço da empresa é possível mostrar produtos e serviços para que os clientes tenham acesso em qualquer lugar ou hora.

Os consumidores podem solicitar mais informações ou fazer pedidos on-line, por formulários via e-mail ou por telefone.

Conforme o empresário, Matheus Weimer, a agência foi criada há 15 anos com a intenção de especializar-se em marketing via internet. Ele conta que apenas no ano passado a empresa conse­guiu implantar com mais força a ideia, “as pessoas daqui deixam a internet em terceiro plano, quando se fala em propaganda”.

– Cerca de 35 mil lajeadenses acessam a rede

– maior acesso é à noite

– o pai é quem assina e paga

– idade 25 a 35 anos