Empresa compra estrutura da Granóleo

Notícia

Empresa compra estrutura da Granóleo

Por

Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

A Camera SA, de Santa Rosa, adquiriu, nesta se­mana, quatro unidades da Granóleo no estado. A principal delas é a que está insta­lada no município, com capacida­de para esmagar 1,5 mil toneladas por dia. As empresas mantiveram o valor do negócio em sigilo.

Com a compra, a Camera dupli­ca a capacidade de produção de óleo para biodiesel. Segundo o di­retor comercial da empresa, João Arthur Manjabosco, o objetivo é torná-la autossuficiente na pro­dução do combustível.

granoleoCerca de 70% do óleo extraído será encaminhado para a usina de Ijuí, inaugurada em 2010. A usina tem capacidade para 144 mil metros cúbicos por ano. O res­tante será destinado para o refi­no. Manjabosco afirma que a Granóleo era terceirizada pela empresa e, por isso, foi realizada a compra. Inicialmente, a estrutura e os empregados serão mantidos, mas ele não descarta a geração de novos empregos e estima que po­derão ser contratadas até 150 pes­soas nas quatro unidades – além de Estrela, foram comprados os ativos da Granóleo em São Borja e em Palmeira das Missões.

Para o presidente da Câmara de Indústria e Comércio do Vale do Taquari (CIC-VT), Oreno Ardê­mio Heineck, a empresa deverá utilizar o Porto de Estrela para o transporte do produto, como as linhas rodoviária, ferroviária e hidroviária.

Ele acredita que a instalação da Camera na região estimulará outras empresas a se instalarem próximo ao porto.

Camera produzirá farelos

Os negócios da empresa, na região, incluem a aquisição da área de 10 hectares pertencente à Farol. Manjabosco diz que, inicialmente, o local será utilizado para estocar os grãos de soja.

O parque industrial que será reativado após 12 anos tem capacidade para armazenar 2 mil toneladas. A Camera de­verá atender produtores rurais locais, por meio do projeto Casas Camera.

O projeto fomenta a produção agrícola com a prestação de assistência técnica gratuita e fornecimento de insumos para as safras de soja, trigo, milho e arroz.

Acompanhe
nossas
redes sociais