Moradores querem guarda em turno integral

Notícia

Moradores querem guarda em turno integral

Por

Desde quarta-feira, um guarda contratado pela prefeitura circula pela ciclovia, entre 17h e 21h. De acordo com o secretário de Obras e Serviços Urbanos, Mozart Lopes, o objetivo é impedir a per­manência de usuários de drogas no local no horário de caminhada.

Entretanto, a medida é criticada pelos usuários e moradores da rua Oswaldo Aranha. Para Angela Ho­ffmann, a iniciativa mostra que a prefeitura está preocupada com a situação, mas é insuficiente.

cicloviaAngela diz que a presença do guarda é ineficaz, pois ele circula sozinho pelo local. Ela espera que a administração busque a solu­ção para o problema. “Mas eu não sei qual seria”, resigna-se.

Um usuário da ciclovia concor­da com Angela. Ele salienta que evita caminhar com celulares ou outro objeto de valor, com medo de assalto na região.

Ele acredita que o ideal seria ter dois vigias em turno integral. An­gela concorda, acrescentando que os dependentes químicos ficam no local o dia todo.

Lopes diz que a responsabilida­de pela segurança do local é da Brigada Militar. “Como o estado está falhando, nos horários de pico, nós estamos auxiliando”, afirma.

Lopes ressalta que o guarda está preparado para proteger a população, pois possui um casse­tete e spray de pimenta. Para ele, a administração está fazendo a sua parte.