Excesso de peso interdita ponte de ferro

Notícia

Excesso de peso interdita ponte de ferro

Por

O Departamento Autô­nomo de Estradas de Rodagem (Daer) inter­ditou, na sexta-feira, dia 26, a passagem dos veículos pesados na ponte de ferro que liga as comunidades de Boa União e São José. O limite de dez toneladas era desrespeitado pe­los motoristas que chegaram a passar com caminhões bitrem de até 18 toneladas.

A ponte fica na RS-129 e tem extensão de 60 metros. O tre­cho encurta o caminho entre as comunidades em mais de três quilômetros. Segundo operários do Daer, os pinos que seguram a estrutura desgastaram devido à força exercida e agora o peri­go é que se soltem. A estrutura embaixo da ponte está em más condições, pois é de madeira que está apodrecendo e danificada em alguns pontos.

ponte No dia 14 de julho o jornal A Hora publicou duas páginas aler­tando sobre o desrespeito dos mo­toristas ao cruzarem pontes com estruturas frágeis. Na ocasião o Daer, responsável pela conserva­ção, afirmou que soldou os para­fusos para evitar furtos, contudo as folgas nos engates dos parafu­sos estão maiores.

A empresária Anair Prade tem prejuízos por não poder utilizar a ponte. Segundo ela, o fluxo de veículos aumentou na vila São José após a interdição parcial e por vezes o trânsito fica con­gestionado. “Nossos fornecedo­res precisam fazer uma volta maior”, enfatiza. Anair afirma que alunos chegam mais tarde da aula porque a van que uti­lizava o caminho não consegue mais passar.

Conforme o eletricista Sérgio José Mädke, 60 anos, o ruído da ponte aumentou quando passa um carro. Ele reclama que se não puder mais passar, fará 12 quilômetros a mais diariamen­te. “Passo quatro vezes por dia aqui. É o caminho mais curto ao trabalho”, diz.

Fique atento

O desrespeito dos motoristas e a falta de fiscalização nas pontes da região foram mostrados no jornal A Hora, no dia 14 de julho. Entre os casos mais preocupantes abordado na matéria foi o da RS-129, que liga a localidade de Boa União ao bairro São José. A ponte de ferro, que liga Lajeado a Arroio do Meio também foi citada na reportagem, pois apresentou problemas, bem como a Ponte do Storck, em Forquetinha.