Agricultores se preparam para o cultivo da soja

Notícia

Agricultores se preparam para o cultivo da soja

Por

Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Os produ­tores fina­lizam os prepara­tivos para iniciar o plantio da soja, como limpeza das áreas e dessecação das plantas de cobertura de solo ou das pastagens utiliza­das até agora.

sojaNas regiões produ­toras, é grande o mo­vimento para aquirir os últimos insumos necessários para a for­mação das lavouras e a procura de crédito para viabilizá-las.

O que mantém o produtor com a ex­pectativa em alta são as cotações praticadas no momento, com a saca subindo 1,91% na semana, sendo cotada a um preço médio de R$ 39,39 a saca de 60 quilos.

Mesmo não alcan­çando os valores do ano passado nesta mes­ma época, as cotações atuais estão 7,45% mais altas em comparação com a média geral.

Outro fator que mo­tiva o aumento da área cultivada é o recuo nos preços das sementes, fertilizantes e defen­sivos. Levantamento da Emater projeta um acréscimo de 1,5% na área cultivada para esta safra, chegando a 4,083 milhões de hec­tares. A produtividade inicial prevista era de 2.240 quilos por hectare.

Falta de chuvas

O diretor-técnico da Emater, Alencar Rugeri, recomenda aos produtores que façam o plantio escalonado para reduzir os efeitos das condições meteorológicas nas lavouras que neste ano esta­rão sob influência do La Niña.

O fenômeno resfria as águas do Oceano Pacífico e atrasa as chuvas que ocorrem irregularmente durante as fases do plantio e desenvolvimento das lavouras. “Projetamos uma boa safra e bons preços. Esperamos que esse fenômeno não gere perdas”, diz. Rugeri estima que, neste ano, 95% das sementes de soja utilizadas pelos agricultores serão transgênicas.

Boas perspectivas

O sojicultor Alberto Beuren, 48 anos, de Santa Clara do Sul, estima cultivar 320 hectares. O plantio deve iniciar no final do mês. Ele projeta um reajuste nos preços de até R$ 4 por saca nesta safra.

Essa perspectiva fez com que o produtor aumentasse a área cultivada. “Torcemos para termos boas condi­ções meteorológicas nos próximos meses e para que o preço continue estável”, destaca.

Na última safra, Beuren colheu 17 toneladas do grão, uma média de 55 sacas por hectare.

Acompanhe
nossas
redes sociais