Inicia recuperação das  margens do Rio Taquari

Notícia

Inicia recuperação das margens do Rio Taquari

Por

Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

O Projeto de Recuperação do Corredor Ecológico foi iniciado, por isso foram plan­tadas mudas de árvores em 11 propriedades que aderiram. Segundo a secretária de Meio Ambiente, Simone Schneider, a ação corresponde a uma das seis parcelas do início do projeto, que deve se encerrar no fim de outubro. Serão plan­tadas seis mil mudas em uma faixa ribeirinha formada por 80 propriedades, desde a divisa de Lajeado com Cruzeiro do Sul, no bairro Morro 25, até o Porto dos Bruda, nas proximidades da ponte sobre o Rio Taquari.

plantioDe acordo com a secretária, falta realizar o diagnóstico na faixa que se estende do Porto dos Bruda até o encontro dos rios Forqueta e Taquari. “Isso representa 60% do total de áreas a serem recuperadas no município”, diz. Ela explica que os proprietários devem providenciar a remoção de lixo e os depósitos de materiais nas áreas, tratar os efluentes domésticos, parar a prática de poda da vegetação nativa e am­pliação de benfeitorias, e, em alguns casos, cessar a criação de animais e retirar parte da vegetação exótica.

Plantio feito pela Univates

A plantação de árvores nativas e as pecu­liares da região está sendo feito pela Univates, que se comprometeu em adquirir e plantar 13 mil mudas na faixa do corredor ecológico de Lajeado. A iniciativa é uma compensação pela retirada de árvores e demais espécies para abertura da Av. Avelino Tallini e prolongamento da Av. Alberto Müller há dois anos, permitindo a expansão da universidade. O Projeto de Recu­peração do Corredor Ecológico do Rio Taquari é coordenado pela promotora de Justiça de Es­trela, Mônica Maranguelli de Ávila, que preside o inquérito regional para sua implantação nos 13 municípios banhados pelo Rio Taquari.

Acompanhe
nossas
redes sociais