Fiéis se encontrarão no Salão Centenário

Notícia

Fiéis se encontrarão no Salão Centenário

Por

Os fiéis que assistem às missas da Igreja Matriz Santo Inácio têm agora um cenário diferente para as celebrações. Em virtude das obras na igreja, as celebrações foram transferidas para o Salão Centenário, exceto as de Pri­meira Eucaristia que tiveram as datas prorrogadas. igreja

Ontem, começou a etapa de reforma na parte interna do local. Segundo o padre Antonio Puhl, agora é a vez das melhorias no forro e no telhado e dos serviços na parte elétrica.

Os 12 casamentos que es­tavam agendados para serem celebrados na igreja matriz nos meses em que ela ficará fechada foram remarcados para outras igrejas da cidade. “Essa é uma etapa crítica, de maior transtorno e pedimos a compreensão do povo”, diz.

A previsão de término da obra é em outubro e, para que esse prazo seja cumprido, do­brou-se o número de operários. “Agora há mais equipes, como de eletricidade e funilaria e tem ainda a questão dos vitrais, que serão restaurados”, comenta.

A restauração da igreja matriz foi orçada em R$ 1.060.000. Parte da verba virá da Lei de Incentivo à Cultura (LIC), e o restante está sendo arrecadado com campanhas como a de ante­cipação da contribuição do dízimo e doações. Segundo o padre, o custo da obra tem sido pago pontualmente.

Saiba mais

Com capacidade para 860 pessoas sentadas, a Igreja Santo Inácio de Loyola atrai nas três missas de fim de semana cerca de 1,5 mil pessoas. Com 52 metros de altura, o templo é o prédio mais alto da cidade. Ele foi construído em 1953, em vir­tude de incêndio que destruiu a igreja anterior existente.

Interessados em contribuir com o término do projeto de restauração podem deposi­tar qualquer valor na conta corrente 52593-6 da agência 139-2 do Banco do Brasil.