Vitória heroica deixa o Alviazul perto da vaga

Notícia

Vitória heroica deixa o Alviazul perto da vaga

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Depois de vencer a batalha no Estádio das Castanheiras, em Farroupilha, agora o Clube Esportivo Lajeadense se prepara para o jogo mais importante desde a retomada do futebol profissional. O duelo de volta contra o Brasil, no Estádio Florestal, pode determinar o retorno do time à elite do Campeonato Gaúcho no ano do seu centenário. Para isso, o Alviazul terá de superar a equipe da Serra neste domingo, às 18h, e ainda torcer por derrota ou empate do São Paulo contra o Cruzeiro em Rio Grande, que jogam às 19h30min.

Pela mobilização dos torcedores, a expectativa é de recorde de público neste fim de semana, na rodada que abre o returno do quadrangular final da Segundona Gaúcha. São esperadas cerca de cinco mil pessoas para empurrar o representante do Vale do Taquari rumo à 1ª Divisão, 11 anos depois. O único desfalque do técnico Luiz Freire será o meia Marquinhos, que recebeu o terceiro amarelo em Farroupilha. A TV COM transmitirá a partida ao vivo para todo o estado.

lajeadense

Com os resultados desta quinta-feira, o Cruzeiro lidera com sete pontos, um a mais que o Lajeadense. O Brasil de Farroupilha aparece em terceiro lugar com dois pontos e o São Paulo tem um.

Festa em Farroupilha

“Uma vitória de quem está fazendo por merecer”. A frase do presidente Nilson Giovanella logo após a batalha desta quinta-feira resume bem a postura do Alviazul diante do Brasil no Estádio das Castanheiras. O resultado de 3 a 1 foi construído com maturidade de uma equipe que sabe aonde quer chegar.

Após um primeiro tempo equilibrado e com poucas chances de gol, a partida “pegou fogo” na etapa final. Para alegria dos mais de 100 torcedores que viajaram à Serra Gaúcha, o Lajeadense manteve a disputa sob controle e abriu dois gols de vantagem. Celsinho, aos 15 minutos e Piccinini, aos 33, marcaram em cobranças de pênalti. O Brasil tentou reagir com Tiago Martins, aos 42 minutos, mas Rudiero decretou os três pontos nos acréscimos, após excelente troca de passes no meio de campo. Estava concretizada mais uma etapa da caminhada do Alviazul rumo à elite do futebol gaúcho.

O que diz a comissão técnica

O técnico Luiz Freire destacou a importância da vitória, mas alerta os jogadores para que mantenham os pés no chão. “Agora temos de descansar, pois o jogo exigiu bastante do nosso time, e quem sabe nos classificarmos domingo”, disse, depois da partida. O diretor de Futebol, Eventon Giovanella, se emocionou com o resultado alcançado pelos jogadores. “Erramos muito pouco e merecemos a vitória. O grupo é jovem, mas tem uma maturidade muito grande”, ressaltou. O preparador físico Florindo Ghidini, por sua vez, estava muito satisfeito com a doação dos atletas. Segundo ele, apesar de árduo, o trabalho no dia a dia tem dado resultados. “Os jogadores entenderam o projeto do clube e têm provado isso dentro de campo”, salientou.]

Foto Sérgio da Rosa

Legenda-Piccinini fez um dos três gols do Lajeadense no duelo contra o Brasil