Campanha deixa cidade mais segura

Notícia

Campanha deixa cidade mais segura

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

assaltosMotoristas e moradores es­tão mais atentos. Dados da Brigada Militar (BM) revelam que após seis meses do início da Campanha Estrela Mais Segura do Conselho Municipal de Segurança (Comseg) os índices de furtos e roubos em veículos e residência diminuíram em mais de 44%.Os integrantes do conselho distribuí­ram uma cartilha com dicas de locais e horários onde acontecem a maioria dos delitos e como as pessoas devem agir para evitar os crimes. Distribuída em pontos estratégicos ela conseguiu atingir seu objetivo de orientar a população sobre as ações preventivas para evitar a criminalidade, reduzindo estatísticas.

A maior queda registrada foi nos furtos em residência e veículos, com uma queda de 54% cada. Na cartilha consta que há incidência de furtos com arrombamento em residência nos bairros Imigrantes e Oriental, à tarde e na madrugada. Furtos em veículos são mais frequentes nos bairros Boa União, Centro e Oriental, de 10h às 20h. Esses pontos começaram a ser evitados pelos motoristas e controlados com maior atenção pelos residentes.Conforme o capitão da BM, Gyovanni Bortolini, os principais delitos aconte­ciam em frente ao Hospital Estrela. Com as orientações do material os motoristas passaram a estacionar mais próximos do centro e fazem o percurso até o hospital a pé. Bortolini explica que no centro há mais viaturas policiais devido às agên­cias bancárias e aos comércios. Com isso a segurança dos carros também é ampliada.

Saiba mais sobre a Comseg

Criado em julho de 2008, o conselho é representado por autorida­des da segurança e da comunidade como: delegado de polícia, João Antônio Peixoto; policial civil, Wolmir Brentano; capitão da policial militar, Gyovanni Bortolini Machado; representante do Ministério Pú­blico Estadual, Gustavo Schneider de Medeiros; vereador José Itamar Alves; representante prefeitura, Luis Felipe Heidt; assistente social, Marli Teresinha Hauschild; representante Acie, Oscar Hunemeier; representante Corpo de Bombeiros, João Dailton dos Santos.

Foto Caroline Leipnitz