Motoristas pagam pela inércia do governo estadual

Notícia

Motoristas pagam pela inércia do governo estadual

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Enquanto que a promessa de recapeamento na RS-423 não é cumprida, condutores enfrentam bu­racos, falta de sinalização e capoeira que invadem a pista em diversos trechos da rodovia. São cerca de 23 qui­lômetros que desafiam a habilidade e a atenção dos motoristas que passam­ pelo local. Apesar de re­centemente o Departamen­to Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) ter iniciado o processo de abertura de licitação para executar melhorias na ro­dovia, até o momento nada foi feito e a demora causa indignação. Conforme o coordenador de Obras do Daer, João Carlos Mall­mann, nos úl­timos meses foram feitas duas opera­ções tapa-buracos. “Acre­dito que em breve o trecho será totalmente recuperado e acabaremos com o proble­ma que aflige a comunida­de”, observa. A expectativa é de que até o fim deste mês os serviços de recapeamento em toda a rodovia sejam executados. Enquanto isso, motoristas devem ter cuidado, princi­palmente, nos trechos pró­ximos de Tamanduá, Picada Serra, Batovira, acesso para Selim e Xaxim.