Sábado é dia de abraçar o Rio Taquari

Notícia

Sábado é dia de abraçar o Rio Taquari

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Com mais de quatro toneladas de lixo recolhidas em três edições a ação Viva o Taquari Vivo tem tudo para aumentar essa cifra este ano. Quem ex­plica isso é o vice-presidente de responsabilidade social da Acil, Gilberto Soares, afir­mando que dados obtidos nas edições anteriores mostram que houve um aumento no volume de resíduos retirados das margens e do leito do rio. Na primeira edição, realizada em 2007, foram recolhidos 1.106 quilos de resíduos. Na segunda, em 2008, houve aumento de 183 quilos, to­talizando 1.289. Na última edição de 2009, o aumento foi de 790 quilos, atingindo 2.080 quilos, sendo 1.846 quilos no lado de Lajeado e 234 quilos em Estrela. São recolhidos plásticos, tecidos, ferro, madeira, borracha, vidro, pneu, papelão, UHT, brasilit, isopor, rejeito e ou­tros tipos de resíduos.

taquariSegundo Soares, como se­rão quase 4,5 km para serem percorridos os voluntários serão divididos em equipes, e as áreas de atuação serão demarcadas para que o tra­balho seja agilizado. Todos os participantes receberão equipamentos básicos para que o número de acidentes seja o mesmo das últimas edições, zero. “Algumas equipes trabalharão apenas no recolhimento do lixo nas margens, outras no leito, en­quanto outro grupo será res­ponsável pela separação do lixo após ele ser retirado do rio”, explica. Soares lembra a importância da participação de embarcações, por isso convoca todos os proprietá­rios para que se unam a essa ação. “Existem voluntários que nunca se banharam no rio, por isso a importância da participação de donos de barcos e lanchas, já que no final são eles quem mais aproveitam o rio”, salienta.

Outros projetos

Um dos primeiros atos originados da ação foi a mostra “Espelhos – Como o Rio Taquari nos Vê”. Vista por mais de 70 mil pessoas que prestigiaram a exposição no Unicshopping, Univates, Casa de Cultura e nas escolas das redes municipais de Lajeado e Estrela, neste ano, a mostra será atualizada com os dados das três edições anteriores e voltará às escolas. Além das escolas, a Parceiros Voluntários (UPV) Lajeado recebe solicitações de instituições e empresas que queiram expor os seis painéis com fotografias das ações em seus ambientes. Outra ideia lançada será um projeto experimental chamado “Lajeado de frente para o rio – Nesta semana visite o Rio Taquari”. O objetivo é chamar a atenção da comunidade para as riquezas e oportunidades que o manancial apresenta. “Queremos provocar as pessoas a visitar o rio, para que assim, se crie um carinho e um respeito maior pelo Taquari”, explica Soares.