Descaso deixa alunos sem transporte

Notícia

Descaso deixa alunos sem transporte

Por

Faz mais de 15 meses que os moradores de Vasco Bandeira e Pi­cada Serra aguardam a recuperação da estrada que a liga as duas comunidades. Ao longo do tempo os buracos, a capoeira e as pedras tomaram conta da via e dificultam a passagem de carros e caminhões. Após a enxurrada a situação só piorou.buracosMuitos produtores de frangos e suínos tiveram que interromper a produção, porque as empresas que distribuem a ração se negam a levar o produto devido à pre­cariedade do acesso.

O agricultor Pedro Machado tem dificuldade de vender o leite. “Moro aqui há 20 anos e nunca a estrada esteve tão ruim. Cansamos de fazer pedidos, mas não fomos atendidos. Na semana pas­sada, um caminhão quase desceu um barranco de 100 metros. É um descaso, uma vergonha, uma falta de consideração com que é responsável pela maior parte da renda do muni­cípio”, critica.

Na semana passada, cerca de 20 alunos ficaram em casa, porque o transporte escolar entrou em greve para chamar aten­ção da administra­ção para que re­solva o problema. O caso deixou os pais e a comuni­dade indignados.

Administração inicia recuperação

O prefeito Rubem Kremer garantiu que a estrada será recuperada até o fim de semana. “Quanto ao transporte escolar, a motorista mentiu. Ela nos informou que seu veículo estava estragado, por isso não fez o transporte. Sabemos que as estradas estão precárias. Faltam máquinas e funcionários para atender todos os pedidos. Pedimos um pouco de paciência da população, pois uns serão os primeiros e outros os últimos, mas todos serão atendidos”, garante.

Quanto à paralisação da produção, Kre­mer diz que o setor primário é prioridade e não acredita que um agricultor tenha sido prejudicado pela falta de acesso. Ontem, foi liberada uma verba de R$ 90 mil do Daer para auxiliar na recuperação das estradas atingidas pela enxurrada de janeiro.