Chance única para mostrar a força da verde-amarelo

Copa América

Chance única para mostrar a força da verde-amarelo

Após primeira fase ruim, Seleção Brasileira enfrenta o Uruguai nas quartas de final sob risco de eliminação

Por

Chance única para mostrar a força da verde-amarelo
Sem o suspenso Vini Jr, Endrick pode ser titular pela primeira vez na Copa América. (Crédito: Rafael Ribeiro)
Brasil
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Ainda procurando uma grande atuação para fazer a torcida confiar na equipe, a Seleção Brasileira entra em campo na noite deste sábado, 6, pelas quartas de final da Copa América em um cenário atípico. Às 22h, em partida em Las Vegas, o Brasil é considerado o azarão contra o Uruguai.

O que os dois times mostraram até aqui na competição fazem os uruguaios chegarem como favoritos nas quartas de final. Enquanto que o Brasil empatou com Costa Rica e Colômbia, e venceu apenas o Paraguai, o Uruguai classificou com três vitórias sobre Panamá, Estados Unidos e Bolívia.

Mais do que se provar em um jogo difícil, o Brasil terá de lidar com a ausência de seu principal jogador. Vini Jr está suspenso e não atua nas quartas de final. Para seu lugar, Dorival Júnior tem as opções de Martinelli, Savinho e Endrick.

O provável Brasil que entra em campo para tentar chegar à semifinal da Copa América tem: Alisson; Danilo, Militão, Marquinhos e Wendell; João Gomes, Bruno Guimarães e Paquetá; Raphinha (Savinho), Endrick (Martinelli) e Rodrygo.

Uruguai de “El Loco”

Os uruguaios chegam completos e confiantes após o 100% de aproveitamento na fase de grupos. Sob o comando de Marcelo “El Loco” Bielsa, a Celeste está diferente, menos faltosa e trocando mais passes. Destaque para o meio-campo com Ugarte, Valverde e De La Cruz, além do oportunismo de Darwin Núñez no comando de ataque. O time titular deve ter: Rochet; Nandéz, Ronald Araújo, Olivera e Vinã; Ugarte, Valverde e De La Cruz; Pellistri, Darwin Núñez e Maxi Araújo.

Acompanhe
nossas
redes sociais