Vereador propõe CPI para acompanhar destinação de recursos

VENÂNCIO AIRES

Vereador propõe CPI para acompanhar destinação de recursos

Documento é de Ezequiel Stahl (PL) e sobescrito junto com outros cinco parlamentares

Por

Vereador propõe CPI para acompanhar destinação de recursos
Documento foi protocolado e será inserido no expediente da sessão da próxima semana. (Foto: Cristiano Wildner)
Venâncio Aires

Na sessão desta segunda-feira, 24, o vereador de oposição, Ezequiel Stahl (PL), anunciou que irá propor instauração de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) em Venâncio Aires, “com o objetivo de apurar o envio, recebimento e aplicação de verbas para reconstrução das regiões atingidas pelas enchentes a contar de setembro de 2023”. O documento foi protocolado e será inserido no expediente da sessão da próxima semana.

Ainda segundo o parlamentar, a intenção é verificar “o envio e recebimento, além das devidas e corretas aplicações, eventuais falhas, e negligências das verbas enviadas pelo Executivo Federal ao Executivo Municipal, tendo em vista a demora nas aplicações, e principalmente o desencontro de informações trazidas pelos Governo Federal e o Governo Municipal, tornando ineficaz as ações necessárias projetadas a normalizar a reconstrução das regiões atingidas”.

Atualmente, Venâncio Aires possui 15 vereadores e para aprovar uma CPI são necessários cinco votos. Em tese, atualmente a oposição possui seis vereadores, o que garantiria a aprovação da comissão. Todos estão citados no requerimento de Stahl. Subscrevem André Kaufmann (PSDB), Diego Wolschick (PP), Renato Gollmann (Podemos) e Sandra Wagner e Eligio Weschenfelder, ambos do PSB.

O vereador da situação, Sid Ferreira, que é ex-presidente do PDT, partido do também prefeito Jarbas da Rosa, disse estar completamente a favor da CPI. “Quem não deve, não teme. Sou voluntário da Defesa Civil e por isso sou completamente a favor. Foram três enchentes e uma delas o prefeito precisou ainda ser hospitalizado”, destacou. Já o vereador Tiago Quintana, também pedetista, reforçou que o momento seria de “canalizar forças e não trabalhar contra”.

Sid Ferreira ainda destacou que o prefeito será convidado para apresentar um relatório das ações pós-enchentes. Stahl cita, que caso aprovada, a CPI funcionará por 120 dias para a conclusão dos trabalhos, mas, podendo ainda ocorrer a prorrogação por mais 60 dias, caso necessário, de acordo com o regimento interno.

Encontro no MP

O vereador Nelsoir Battisti (PSD) anunciou que nesta quinta-feira, dia 27, às 15h, junto com moradores de bairros de Venâncio Aires, estará reunido com o promotor de Justiça, Pedro Rui da Fontoura Porto. O encontro à tarde na Promotoria Pública terá como objetivo reforçar o pedido quanto à necessidade de perfuração de novos poços artesianos na rede de água da Corsan Aegea.

Em 2009, a companhia ganhou da Prefeitura terrenos em duas áreas diferentes da cidade para o projeto, contudo, segundo o próprio vereador, a medida nunca foi colocada em prática. Desde então, acrescenta o parlamentar, o problema da falta de água não programada teria sido agravado de forma considerável em diferentes bairros.

Acompanhe
nossas
redes sociais