Teutônia reduz número de pessoas infectadas com dengue

SAÚDE

Teutônia reduz número de pessoas infectadas com dengue

Segundo boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do RS a cidade registra 452 casos confirmados

Por

Atualizado segunda-feira,
24 de Junho de 2024 às 14:44

Teutônia reduz número de pessoas infectadas com dengue
Além das residências, a atenção também está voltada para escolas e creches (Foto: divulgação)
Teutônia
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Após alcançar a marca de 452 casos de dengue, Teutônia não teve registros nas últimas semanas. O fato ocorreu após pouco mais de dois meses do início da aplicação de inseticidas em residências, prédios públicos e terrenos

O coordenador da Vigilância Ambiental em Saúde de Teutônia, Evandro Borba destaca que os sistemas de Saúde publicam os casos reportados através de semanas epidemiológicas. Portanto, de 9 de abril (semana 13 – quando iniciaram as aplicações) até 14 de junho (semana 24), os casos da doença saíram de 83 para 0.

Borba explica que os sistemas de saúde divulgam os casos reportados por semanas epidemiológicas. Ele atribui a redução dos casos a uma série de fatores e ações coordenadas pela prefeitura. “Promovemos mutirões de limpeza, as orientações técnicas dadas à população, a aplicação dos inseticidas então em vários setores do município como escolas, creches, serviços essenciais, nos bairros, nos pontos onde se encontrou casos de dengue”, disse Borba.

Desde 9 de abril, a vigilância sanitária vem aplicando o inseticida Cielo-ULV na área externa das edificações nos bairros Alesgut, Boa Vista e Canabarro, onde os casos mais graves estavam concentrados. Atualmente, o produto continua sendo aplicado, agora em combinação com o Fludora Fusion, utilizado dentro das casas e estabelecimentos.

Além das residências, a atenção também está voltada para escolas e creches. “Estamos indo muito bem. Continuamos ainda em bairros onde ainda não tínhamos chegado”, afirmou Borba, destacando a importância das ações preventivas para entrar no verão com números baixos de casos.

Borba enfatiza que as medidas continuarão a ser aplicadas de forma intensiva. Ele menciona a parceria com a Secretaria da Educação para finalizar a aplicação de inseticidas nas creches e escolas que ainda não foram atendidas. A ação deve ocorrer nesta semana.

Acompanhe
nossas
redes sociais