Rigotto defende recursos a fundo perdido para recuperação econômica

ENTRE ASPAS

Rigotto defende recursos a fundo perdido para recuperação econômica

Por meio da medida, será possível reestabelecer a economia, sem prejudicar terceiros, opina ex-governador

Por

Atualizado segunda-feira,
24 de Junho de 2024 às 14:10

Rigotto defende recursos a fundo perdido para recuperação econômica
Ex-governador Germano Rigotto (Foto: arquivo/A Hora)
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Previsão de queda de 6,5% no PIB estadual para o próximo ano vai resultar em retrocesso econômico também a nível nacional. Ex-governador Germano Rigotto sugere que a recuperação depende de recursos a fundo perdido do governo federal para restabelecer a economia sem prejuízos.

Rigotto considera insuficiente a liberação dos R$ 15 bilhões para as empresas. “Isso é muito pouco perto do que o governo federal pode definir junto ao BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social)”, afirma.

Ex-governador lamenta que pessoas não afetadas pela crise busquem crédito do Pronampe, classificando essas ações como tentativas de fraude que aumentam a burocratização, alvo de frequentes reclamações.

Confira a entrevista na íntegra

Acompanhe
nossas
redes sociais