Launer Química amplia contatos internacionais

Opinião

Thiago Maurique

Thiago Maurique

Jornalista

Coluna publicada no caderno Negócios em Pauta.

Launer Química amplia contatos internacionais

Por

Empresa estrelense com 30 anos de tradição na fabricação de sanitizantes para uso industrial, a Launer Química integrou entre os dias 11 e 15 de junho a Megaleite 2024 — maior exposição da pecuária leiteira da América Latina. Promovida pela Associação Brasileira de Criadores de Girolando, o evento realizado em Belo Horizonte, Minas Gerais, encerrou com uma movimentação financeira estimada em R$ 220 milhões.

De acordo com o Supervisor Comercial da Launer, Tiago Pereira, afirma que a participação no evento é fundamental para a empresa, uma vez que a feira abrange cerca de 60% dos grandes produtores de leite do Brasil. Segundo ele, a raça Girolando é muito utilizada nos estados do Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste. “São animais mais rústicos e resistentes às altas temperaturas e solos mais montanhosos.”

Conforme Pereira, a feira também permite estreitar laços com parceiros de outros países da América Latina, de forma a expandir a participação da Launer no mercado do exterior. Foi na Mega Leite de 2022 e 2023 que a empresa conheceu fornecedores da Bolívia e iniciou a exportações para o país. “Neste ano, fizemos contato com o mercado da Colômbia, Equador, Venezuela e toda a América Central.”

Alerta: fim dos recursos do Pronampe Emergencial

velocidade com que os recursos do Pronampe Emergencial com subvenção do Governo Federal estão acabando. Conforme a entidade R$ 2,4 bilhões em empréstimos foram concedidos, dos quais R$ 1,4 bilhão são referentes a modalidade emergencial – o que equivale a 60% do total.

Presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn chama a atenção para que as empresas que tiveram perdas materiais e pretendam acessar crédito através do programa procurem as instituições financeiras o mais rápido possível.

Na terça-feira, 18, a Fecomércio-RS protocolou uma solicitação de alterações ao Pronampe Emergencial. Entre as críticas ao programa, a entidade cita que a falta de critérios para acesso ao benefício gera uma corrida pela formalização dos contratos, que beneficia empreendimentos que já se restabeleceram.

Com ACI de Putinga, CIC-VT chega a 19 entidades associadas

Organização que congrega as entidades empresariais da região, a Câmara de Indústria e Comércio do Vale do Taquari (CIC-VT) comemora a adesão da ACI de Putinga (ACIP) – 19ª a integrar o órgão regional. A ACIP tem 23 anos de atuação no município, contabiliza mais de 30 associados e administra a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Putinga.

Presidente da CIC VT, Ângelo Fontana, afirma que a adesão fortalece ainda mais a rede de apoio entre as associações da região. Segundo ele, a integração de mais uma entidade aumenta a capacidade de representar e defender os interesses dos empresários do Vale do Taquari. “Juntos, podemos promover ainda mais ações e projetos que beneficiem o desenvolvimento econômico e social de nossos municípios.”

RÁPIDAS

  • Orientação para crédito – O Sebrae RS anunciou programa de orientação sobre os melhores caminhos para que pequenos empresários possam obter crédito para suas empresas. As orientações terão uma hora de duração e abordará questões como porte do empreendimento, segmento do negócio e volume de recursos necessários. A organização também disponibilizará um simulador que calcula custos da operação e valor da parcela. Interessados devem entrar em contato pelo WhatsApp (51) 3216-5000 ou pelo chat online disponível no sebraers.com.br.
  • Ranking dos cartões – O cartão de crédito do Sicredi lidera ranking de preferência dos usuários que possuem mais de um cartão, com percentual de 63,8%, quase 3 p.p. acima do índice de 2023, quando alcançou 60,9% de preferência dos usuários. Os dados são da Pesquisa Nacional de Cartões de Crédito (PNCC), edição 2024, realizada pela CardMonitor – empresa especializada na análise sobre o mercado de meios eletrônicos de pagamento -, em parceria com o Instituto Medida Certa. Realizado anualmente, o estudo é considerado o maior projeto de aferição de satisfação de titulares de cartões do Brasil.

Frase do dia

Décio Lima, Presidente do Sebrae Nacional em comunicado após a reunião do Copom que definiu a manutenção da taxa básica de juros (Selic) em 10,5% ao ano

“A manutenção da Selic nessas bases prejudica não só o governo. Ao manter elevados os juros da dívida pública, o Banco Central atinge também os consumidores e as empresas, principalmente os micro e pequenos negócios, porque o crédito fica mais caro. Não há qualquer explicação racional.” – Décio Lima

Acompanhe
nossas
redes sociais