EGR recupera desvio emergencial da ERS-129 em Muçum

trânsito

EGR recupera desvio emergencial da ERS-129 em Muçum

Trânsito havia sido bloqueado na tarde de domingo, 16, por medidas de segurança. Desvio está disponível apenas para automóveis com peso máximo de seis toneladas

Por

EGR recupera desvio emergencial da ERS-129 em Muçum
Foto: Raphael Nunes/Ascom EGR/divulgação
Muçum

Equipes da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) recuperaram o desvio emergencial e restabeleceram o fluxo de veículos na passagem alternativa do quilômetro 88 da ERS-129, em Muçum. O trânsito, que funciona no sistema de pare e siga, havia sido bloqueado preventivamente na tarde de domingo, 16), por medidas de segurança, já que foi danificado pelas fortes chuvas que atingiram o Vale do Taquari neste final de semana.

O desvio está disponível apenas para automóveis, vans, ambulâncias e caminhões com peso máximo de seis toneladas, das 7h às 19h. Placas de sinalização estão posicionadas ao longo do trajeto para orientar os motoristas que circulam pelo local.

Como alternativa para os veículos mais pesados e para a circulação noturna, o tráfego será direcionado pela estrada vicinal da Linha São Luís, que teve três – dos quinze quilômetros – pavimentados pela EGR, entre outras melhorias promovidas. Nessa via não há restrição de horário, visando a trafegabilidade de veículos acima de seis toneladas, proibida no desvio da rodovia.

Reconstrução definitiva da ERS-129

Na última sexta-feira, 14, a EGR deu início aos trabalhos de recuperação definitiva do segmento para recompor o desmoronamento que afetou a rodovia, destruindo 100 metros de extensão, atingindo 45 metros de profundidade, 60 metros de largura na base da ruptura e 16 metros de pistas de rolamento e acostamento.

Para recompor o segmento, será necessário preencher a área com 109 mil metros cúbicos de material rochoso, além de instalar um novo pavimento e estruturas complementares para garantir a estabilidade da rodovia, considerando a topografia íngreme e instável da região. A reconstrução do talude terá um investimento de R$ 8,84 milhões e a previsão é de que a rodovia esteja reconstruída em agosto.

Acompanhe
nossas
redes sociais