Conexão Natural: Contato com a natureza resgata a essência das crianças

Nossos Filhos

Conexão Natural: Contato com a natureza resgata a essência das crianças

Especialistas debatem como a vivência com o meio ambiente é essencial para o desenvolvimento dos jovens e para a melhora da saúde física e mental

Por

Conexão Natural: Contato com a natureza resgata a essência das crianças
Programa Nossos Filhos reuniu especialistas na quarta-feira,12 (Foto: Eloísa Silva)

Andar descalço na grama, correr pelas ruas, subir em árvores… o que para muitos são doces memórias de infância, para a nova geração essas atividades se tornaram experiências raras. Cada vez mais ligadas às telas, as crianças encontram dificuldade em se conectar com a natureza, fato que, segundo especialistas, pode impactar diretamente no desenvolvimento da motricidade e na saúde dos pequenos.

Apesar de a preocupação com as questões ambientais aumentar e ser pauta no cotidiano das pessoas, o afastamento do jovem com o ecossistema é cada vez mais perceptível. De acordo com a professora e bióloga, Juliana Gasparotto, hoje é comum encontrar em sala de aula turmas que sabem da importância da preservação ambiental, mas não tiveram experiência junto à natureza ou mesmo a reconhecem.

“Tu está junto de uma turma que não sabe o que é um banhado, um eucalipto… A vivência com as áreas verdes ela está muito defasada”.

Segundo Juliana, este comportamento é preocupante, afinal, a relação com os elementos da natureza faz parte da constituição humana. Não ter este contato, traz consequências diretas para a saúde e inclusive, pode atrofiar os cinco sentidos básicos do ser. “A gente percebe uma audição que é seletiva, uma visão prejudicada. Para estar na natureza, tu precisa ter os sentidos ativos, estar atento. Dentro de casa tu não tem perigo”, explica.

Além disso, a relação com o meio ambiente reforça a proteção natural do organismo e estimula o sistema imunológico a produzir os anticorpos. Sem estes organismos de defesa, os jovens ficam mais suscetíveis a doenças físicas e mentais.

Aprendizado ativo e explorador

Para estimular o bem-estar integral dos jovens e aproximá-los do meio ambiente, o Centro de Educação Ambiental de Lajeado e a Secretaria de Meio Ambiente, realizam oficinas e atividades com as escolas e famílias. “Temos várias ações e programas, a exemplo do projeto Guardiões Mirins, que são aulas ministradas para uma faixa etária de 10 a 12 anos”, conta a coordenadora do Centro, Juçara Ferri.

Entre as temáticas das oficinas, ela revela que são trabalhadas questões como mudanças climáticas, relação com a água, observação da fauna e flora e trilhas. “No jardim sensorial, temos espécies aromáticas e com diferentes texturas, com as quais podemos proporcionar a experiência de sentir esses diferentes aromas e estimular o tato. É perceptível a alegria das crianças em estar em contato com a natureza.

Relação com a natureza resgata a essência das crianças

Cuidar da natureza é um dos propósitos que levou a jornalista e professora Elise Bozzetto, a desenvolver um projeto de reflorestamento de árvores na propriedade da família, em Picada Augusta. A iniciativa, além de inspirar pessoas, é uma oportunidade para aproximar as crianças da fauna e flora. “Foi muito importante oferecer esse ambiente para meus filhos. Na época da pandemia foi um refúgio, em termos de saúde mental”, relembra.

Elise conta que desde o começou do projeto teve a preocupação de aproximar os pequenos para eles compreenderem a relação natural do homem com o meio ambiente. Para tanto, fez do sítio um espaço de acolhimento dos amigos e colegas dos filhos e, com o tempo, percebeu que a proximidade com a natureza foi essencial para o desenvolvimento das crianças. “É muito gratificante quando a gente consegue propiciar isso”.

Assista o bate-papo completo sobre a relação da infância com a natureza nas plataformas digitais do Grupo a Hora. O programa “Nosso Filhos” é apresentado por Mateus Souza e pelo Dr. João Paulo Weiand. Patrocínio de Clínica Protege e Colégio Evangélico Alberto Torres – CEAT.

Assista ao bate-papo completo:

Acompanhe
nossas
redes sociais