CPRM trabalha para reestabelecer novo sensor de medição do rio Taquari

PREVISÃO DE CHUVA

CPRM trabalha para reestabelecer novo sensor de medição do rio Taquari

A ação visa a implementação de um novo sensor na escadaria da rua Oswaldo Aranha, no acesso ao Porto dos Bruder

Por

Atualizado sábado,
15 de Junho de 2024 às 17:54

CPRM trabalha para reestabelecer novo sensor de medição do rio Taquari
Equipamento está sendo instalado na rua Oswaldo Aranha (Foto - Gabriel Santos)
Lajeado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

A equipe do Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM) está empenhada na instalação de novos sistemas de medição no rio Taquari. Em Lajeado, a projeção é de concluir os trabalhos até às 18h.

A ação visa a implementação de um novo sensor na escadaria da rua Oswaldo Aranha, no acesso ao Porto dos Bruder e a colocação de novas réguas físicas na rua João Abott.

Os técnicos do CPRM estiveram em Lajeado no último dia 11 de junho, quando definiram os detalhes da instalação do equipamento.

Hoje, as equipes continuam os trabalhos na cidade de Lajeado. Segundo o gerente hidrológico da SGE-CPRM, Franco Buffon, o objetivo é estabelecer um novo método de medição do rio Taquari. O sensor, que antes da cheia de maio estava em Estrela, será agora realocado para Lajeado, visto que a estrutura anterior foi totalmente arrancada durante o evento.

O novo sensor proporcionará atualizações digitais e via satélite sobre a metragem do rio e os volumes pluviométricos, com os dados sendo acessíveis no site da CPRM.

Recuperação do sistema

Além do trabalho em Lajeado, durante os meses de junho e julho, a CPRM se dedica à reinstalação de sistemas de monitoramento em outras localidades, incluindo Muçum, Encantado, em Travesseiro na localidade da Barra do Fão no Rio Forqueta, e na vila Mariante em Venâncio Aires.

 

Acompanhe
nossas
redes sociais