Funcionários do Inmet anunciam paralização

METEOROLOGIA

Funcionários do Inmet anunciam paralização

Interrupção ocorre a partir do dia 15 devido à falta de pessoal e recursos

Por

Funcionários do Inmet anunciam paralização
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Os servidores do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), vinculado ao Ministério da Agricultura, anunciaram que o órgão interromperá atividades a partir do próximo sábado, 15, devido à falta de pessoal e recursos. O Inmet, serviço oficial de meteorologia do Brasil, desempenha papel crucial em meio à crise climática.

Com a paralisação, serviços essenciais como a previsão do tempo, monitoramento climático e emissão de avisos meteorológicos serão suspensos.

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Federal do Estado de São Paulo (Sindsef-SP) destacou em nota que o instituto enfrenta cortes orçamentários nos últimos anos, especialmente desde que deixou de ser subordinado de forma direta ao gabinete do ministro e passou a responder às secretarias da pasta.

De acordo com o sindicato, desde 2020 o orçamento do Inmet não tem sido suficiente para manter suas atividades até o final do ano fiscal. Em 2024, os recursos se esgotaram antes do fim do primeiro semestre, deixando o órgão “sem condições de continuar suas atividades.”

A entidade enviou uma carta ao ministério solicitando uma reunião com o titular da pasta, Carlos Fávaro, para discutir o orçamento, a recuperação da autonomia do instituto e a escassez de profissionais, entre outros pontos. O Ministério da Agricultura foi procurado pelo Estadão, mas não se manifestou sobre o anúncio dos servidores até a publicação desta matéria.

Acompanhe
nossas
redes sociais