Diretor do HBB projeta “construir novo hospital” em área do INSS

ENTREVISTA

Diretor do HBB projeta “construir novo hospital” em área do INSS

Casa de saúde receberá terreno a partir de parceria com o instituto e o governo de Lajeado

Por

Diretor do HBB projeta “construir novo hospital” em área do INSS
Cristiano Dickel, diretor-executivo do HBB (Foto: Pedro Rodrigues)
Lajeado

O diretor-executivo do HBB, Cristiano Dickel projeta a construção de um novo hospital no local do prédio do INSS. O terreno será cedido à instituição de saúde, a partir de parceria com governo de Lajeado e o instituto. A proposta foi revelada em entrevista ao programa Conexão Regional, da Rádio A Hora 102.9, nesta quinta-feira, 1º.

A nova estrutura do INSS, em terreno da prefeitura, está em fase final. Após a conclusão e mudança, o HBB usará o espaço para expandir o hospital, na esquina da avenida Benjamin Constant com a rua Saldanha Marinho.

No primeiro momento, o bloco B — parte dos fundos — será usado para farmácias, almoxarifado e recebimento de mercadorias. Na parte da frente, serão instalados nove consultórios do SUS.

Conforme Dickel, o projeto para o futuro é a demolição do prédio e a construção de um novo hospital. “Isso depende de muitos recursos e demanda. É uma proposta para daqui a 20, 30 anos”, explica.

A ideia seria usar toda a rua Saldanha Marinho, e não somente a esquina do INSS. Para isso, será necessário negociar novas áreas. Na via, Dickel ventila a possibilidade de construir um centro de acesso para todos os prédios do HBB.

Recorde de recursos 

No fim de 2023, o hospital foi contemplado com cerca de R$ 26 milhões para compra de equipamentos. Os recursos são proveniente do governo federal. “Será um ano histórico para o HBB, tendo vista a quantidade de investimentos em tecnologia.”

Na lista, estão investimento em todo novo centro obstétrico, aquisição de equipamento novo para hemodinâmica, diagnóstico por imagem, ao setor de emergência; modernização do centro cirúrgico; camas hospitalares, entre outros.

Novo centro obstétrico

O novo centro obstétrico está em obras por meio de recursos do programa Avançar do Estado. Serão cerca de 1,3 mil m² compostos por três salas cirúrgicas, três salas de parto normal e um ambiente equipado para parto humanizado. “Toda família poderá acompanhar o nascimento da criança e ver o primeiro minuto de vida. Câmeras na sala registrarão o nascimento”, detalha Dickel.

Cardiologia

O hospital foi contemplado com um novo equipamento de hemodinâmica. Agora serão duas máquinas para tratar infartos e angioplastias. Desta forma, o HBB fica autossuficiente. Não dependerá de outros hospitais. Além disso, a nova unidade de internação cardiológica foi entregue, com 19 leitos. Hoje, todos estão ocupados.

Equipamento de R$ 8,8 milhões para radioterapia

O Ministério da Saúde, garantiu a destinação de um novo acelerador linear para realização de tratamentos com radioterapia. Avaliado em R$ 8,8 milhões, o equipamento deve entrar em operação ainda em 2024 e substituirá um outro que é usado na casa de saúde, instalado em 2005.

O novo acelerador soma-se a outro, instalado em 2022. Com eles, o setor de Oncologia do HBB passa a se equiparar com os melhores centros de tratamento do país, com resultado de cura superior a equipamentos mais antigos. “Com o aparelho, pequenos tumores não precisam de intervenção cirúrgica. É possível eliminar com a alta frequência.”

Assista a entrevista na íntegra

Acompanhe
nossas
redes sociais