Mais de 100 contribuintes encaminharam regularização

ENCANTADO

Mais de 100 contribuintes encaminharam regularização

Débitos pagos à vista terão remissão de 100% do total de multas e juros

Por

Mais de 100 contribuintes encaminharam regularização
Interessados em aderir ao Refis devem se dirigir ao setor de Fiscalização Tributária na prefeitura. (Foto: divulgação)
Encantado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O Programa de Recuperação Fiscal (Refis 2023) tem prazo para pagamento até o próximo dia 22 de dezembro. Segundo a Secretaria Municipal de Gestão Financeira, mais de 100 contribuintes já se beneficiaram com o programa, sendo renegociados até o momento em torno de R$ 130 mil.

O programa destina-se a promover a regularização dos créditos da Fazenda Pública Municipal, vencidos até o dia 31 de dezembro de 2022. Estes podem ser decorrentes de débitos fiscais de pessoas física e jurídica, inscritos em dívida ativa ou não, em cobrança judiciais ou extrajudiciais, relativos a Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Alvarás e Taxas diversas de competência de criação e arrecadação do município e todos os demais débitos de natureza tributária ou não tributária.

Com o Refis, os débitos pagos à vista pelo contribuinte terão remissão de 100% do total de multas e juros, pagando apenas a correção monetária.

Os interessados em aderir ao Refis devem se dirigir ao setor de Fiscalização Tributária na prefeitura.

O prefeito Jonas reforça que a iniciativa oportuniza ao contribuinte quitar seus débitos vencidos. “Reconhecemos as dificuldades enfrentadas pelos cidadãos, comerciantes e prestadores de serviços, principalmente, em decorrência de acontecimentos como a pandemia e efeitos climáticos”, destacou.

Para Jonas, o Refis possibilita ao cidadão ou empresa que tenha deixado de honrar seus compromissos em momento oportuno, independente do motivo, que possa resolver suas pendências. “Ao mesmo tempo, buscamos a otimização do trabalho, reduzindo as ações judiciais”, salienta.

Quem optar pelo parcelamento tem duas opções:

  1. Em até seis vezes, com remissão de 50% do total das multas e dos juros;
  2.  Em até 30 vezes, sem remissão das multas e juros. O valor da parcela não poderá ser inferior a R$ 70.

Acompanhe
nossas
redes sociais