Sesc confirma mudança para prédio na Pasqualini

DEVIDO À ENCHENTE

Sesc confirma mudança para prédio na Pasqualini

Com exceção da educação infantil, serviços serão transferidos de maneira provisória para salas ao lado da loja Quero-Quero, em uma das avenidas mais movimentadas de Lajeado

Por

Sesc confirma mudança para prédio na Pasqualini
Foto: Henrique Pedersini

O Serviço Social do Comércio (Sesc) trocará o local de atendimento da maioria dos seus serviços. Após a enchente atingir o prédio situado na Rua Silva Jardim, no Centro Histórico, a direção decidiu transferir as atividades para outro espaço. O novo endereço fica na avenida Senador Alberto Pasqualini, no andar térreo, ao lado da loja Quero-Quero, no sentido centro – bairro.

A nova sede tem pouco mais de mil metros quadrados e será adaptada para receber o setor administrativo, odontológico, academia, biblioteca e uma sala para os projetos de contraturno escolar, que atende 40 crianças.

Conforme a diretora do Sesc, Betina Durayski, a decisão da troca de local visa proteger o patrimônio composto por equipamentos, mobília e outros materiais de um possível novo episódio de enchente. O alagamento de setembro atingiu todo o primeiro andar, onde funciona a maioria dos serviços, o prejuízo está estimado em, pelo menos, R$ 4 milhões. “Estamos locando um espaço em área que não corre risco com enchente. Estão em andamento os trâmites burocráticos e não temos definição de quando ocorre a mudança”, complementa.

Sesquinho permanece

A única atividade que seguirá na rua Silva Jardim é a escola de educação infantil, que atende em turno integral 80 alunos de três a cinco anos. O programa é voltado para filhos de comerciários vinculados ao sistema. A direção decidiu pela manutenção das aulas no atual endereço, que recebeu investimentos após a enchente. O acesso é pela Rua Marechal Deodoro. “Fizemos melhorias e conseguimos num curto espaço de tempo retomar as aulas, pois sabemos da importância do Sesquinho para as crianças e sobretudo aos pais, que precisam deixar os filhos em segurança para ir trabalhar. Estamos com a nossa capacidade máxima de alunos”, analisa.

Foto: Henrique Pedersini

58 funcionários

A estrutura da Rua Silva Jardim pertence ao Sesc e possui 1.960 metros quadrados. São 58 profissionais entre escola, academia, odontologia, biblioteca, teatro, esporte, turismo e setor administrativo. Conforme Betina, não há nenhuma negociação encaminhada para sede definitiva, apenas busca por área que atendam as necessidades do serviço. “A direção entende que Lajeado merece uma unidade maior. Queremos ampliar os serviços ofertados e não conseguimos oferecer um atendimento adequado no lugar que estamos”, explica.

Acompanhe
nossas
redes sociais