Estrela interrompe trânsito para obras de semáforo inteligente

na Coronel Müssnich

Estrela interrompe trânsito para obras de semáforo inteligente

Trabalho desta semana envolve remoção de canteiros para posterior instalação de equipamento. Confira vias que serão interditadas

Por

Estrela interrompe trânsito para obras de semáforo inteligente
Foto: Divulgação
Estrela

O Governo de Estrela começa a instalar um novo sistema de semáforos inteligentes na rótula da Rua Coronel Müssnich, intersecção com as ruas Cel. Brito e Marechal Floriano. Para isso, é necessário remover os canteiros centrais do local. A obra é executada nesta quarta, 25, e quinta-feira, 26, com possibilidade de estender até sexta-feira, 27, em caso de chuva.

O trabalho resultará no bloqueio do acesso a estas vias, das 19h às 23h. O horário escolhido evita interromper as vias no horário de maior pico, o que talvez seja necessário em uma segunda etapa.

As vias com interdição total serão: Rua Coronel Mussnich, entre as Ruas Borges de Medeiros e Venâncio Aires; Rua Marechal Floriano, entre as Ruas Ernesto Alves e Coronel Mussnich; Rua Coronel Brito, no acesso a Coronel Müssnich.

Alternativas

Para quem pretende ingressar na área central de Estrela descendo pela Avenida Rio Branco, serão duas alternativas que quase não mudarão os trajetos: motoristas podem ingressar pela chamada “Ponte Baixa” e seguir pela Rua Tiradentes, ou também seguir pela Rua Müssnich até na esquina com a Venâncio Aires, onde serão obrigados seguir por esta à direita.

Quem for se deslocar pela Coronel Müssnich, sentido praça Professor Henrique Roolart/Avenida Rio Branco, deverá ingressar na Rua Borges de Medeiros e após dobrar à direita na Rua Ernesto Alves, sentido Ponte Baixa. O acesso pela Coronel Brito estará totalmente bloqueado, devendo o motorista ingressar pela Avenida Rio Branco no trecho já mencionado. Em caso de instabilidade climática, serão escolhidas novas datas.

Obras

Após a remoção dos canteiros serão necessárias outras duas etapas. A colocação do asfalto onde hoje estão os canteiros e instalação dos próprios semáforos, sendo 12 equipamentos visuais nas três vias, com quatro eixos principais (no topo dos postes), quatro repetidores secundários (nos postes mais abaixo, para permitir a visualização frontal dos motoristas mesmo quando os veículos estiveram mais perto do eixo) e quatro de pedestres – além das botoeiras de pedestres.

Sistema este equipado com o chamado “laço virtual” para controle do fluxo, que com câmeras permitirão a detecção dos veículos e assim uma programação automática dos tempos necessários, de forma a permitir maior fluidez do trânsito na interseção.

Acompanhe
nossas
redes sociais