Prefeitura estrutura espaço para moradias provisórias

APÓS ENCHENTE

Prefeitura estrutura espaço para moradias provisórias

Encantado também aguarda o retorno do governo do Estado sobre as moradias provisórias. O município já tem as áreas de terra para essa medida

Por

Prefeitura estrutura espaço para moradias provisórias
Foto: Divulgação/assessoria de imprensa.
Encantado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Dando continuidade aos trabalhos para garantir a dignidade dos moradores atingidos pelo ciclone e também a retomada da cidade, a secretaria de Obras Públicas intensificou, neste final de semana, as atividades de reforma na antiga Escola Municipal de Ensino Fundamental Tancredo Neves, no bairro Lago Azul. O prédio vai abrigar famílias que ainda estão no Parque João Batista Marchese.

No sábado, 14, o prefeito Jonas Calvi e o secretário de Assistência Social e Habitação Fabiano Mueller Lemos estiveram no local conferindo a estrutura e o andamento dos trabalhos.

As salas de aulas recebem divisórias e a recolocação das portas que estavam danificadas. Em cada espaço terá uma pia de cozinha. Está sendo feito a instalação nova de fiação elétrica, pintura, reforma dos banheiros com instalação de chuveiros e instalação de rede de água e esgoto.

Os banheiros serão coletivos, em ambos os andares. No primeiro piso será organizado uma área de convivência com sofás e TV, além de uma mini biblioteca. No segundo piso será instalado tanquinhos e máquinas de lavar roupas.

Foto: divulgação/ assessoria de imprensa

Cada família será responsável por seu espaço. Para a limpeza dos ambientes compartilhados a prefeitura disponibilizará uma profissional.

De acordo com o prefeito Jonas, a previsão é atender 13 famílias. “Queremos dar mais privacidade, conforto e segurança para estas pessoas. Enquanto Administração buscamos agilizar a transferência dos desabrigados para locais com melhores condições, em espaços mais amplos e arejados, preservando a dignidade de todos, enquanto não seja concluído o projeto das moradias permanentes. A ideia também é que o Parque seja retornado para toda a comunidade encantadense usufruir”.

“Nossas equipes também farão a logística dessa transferência, trazendo os pertences de cada família para cá. Sabemos que muitos perderam tudo ou quase tudo, por isso o que estiver faltando iremos providenciar. Queremos proporcionar mais qualidade e bem estar para cada morador que já sofreu tanto com essa catástrofe”, comenta o gestor.

Lemos explica que a alternativa foi discutida com as famílias, que foram favoráveis com a transferência. “Vamos atender àquelas pessoas que tiveram suas casas destruídas e que não conseguiram se enquadrar no benefício do aluguel social, por não terem conseguido imóvel para locar até o momento”.

A previsão é de na próxima semana iniciar a transferência das primeiras famílias. Todas elas continuarão tendo acompanhamento de uma assistente social do município, além de receber atendimento com profissional da área da saúde mental e mantimentos.

Encantado também aguarda o retorno do governo do Estado sobre as moradias provisórias. O município já tem as áreas de terra para essa medida.

Acompanhe
nossas
redes sociais