Arla comemora 85 anos e avança com expansão

VALE DO TAQUARI

Arla comemora 85 anos e avança com expansão

Cruzeiro do Sul, Vale Verde e Doutor Ricardo devem receber investimentos nos próximos meses. Aniversário tem sorteio de prêmios

Por

Arla comemora 85 anos e avança com expansão
Stein destaca trajetória da Arla ao longo dos 85 anos e detalha expansão

Com aumento no faturamento de 25% nos últimos dois anos e um lucro superior a faixa dos R$ 2,6 milhões, a Associação Rural de Lajeado (Arla) se prepara para viver um novo momento, com investimentos em melhorias na matriz, além da construção de um centro de distribuição, pontos de vendas e construção de uma unidade de recebimento e secagem de grãos.

Hoje, a associação conta com 3 mil cooperados, distribuídos em 70 municípios, 80 a 90% são pequenos produtores. A associação possui filiais em Lajeado, Boqueirão do Leão, Cruzeiro do Sul, Vale Verde e General Câmara.

História aos longo dos 85 anos

Em meio as 8 décadas e meio, desde a sua fundação em 24 de setembro de 1938, muitas conquistas foram alcançadas. Em 2004, foi fundada dentro da associação a Cooperativa Rural do Vales (Cooperval).

“Fundamos a cooperativa e tivemos a oportunidade de receber a matéria-prima do produtor também. A legislação não nos permitia adquirir produtos. Então, a única maneira era fundar uma cooperativa dentro da associação rural. Construímos os silos para receber o grão do produtor e a unidade”, conta o presidente da Arla, Orlando Stein.

Já no ano de 2017, a Arla dá mais um avanço importante, passou de associação para cooperativa. Mas não para por aí. Entre as projeções para 2023, destacam-se investimentos em três novos agrocenters. Em Vale Verde, com ponto de venda, em Cruzeiro do Sul com um centro de distribuição em uma área de 5m² e Doutor Ricardo, na região alta, com a construção de um ponto de venda e depósito de grãos.

Programação de aniversário

De acordo com o presidente da instituição, a programação de aniversário acontece durante todo o mês de setembro. Já na segunda-feira, 25, uma atração especial para os cooperados e clientes, na unidade matriz, em Lajeado. “Termos uma vasta programação, além do sorteio de prêmios”.

Solidariedade no campo

Muitos associados foram atingidos com a enchente. Segundo Stein, ainda não foi possível calcular os prejuízos, mas foram muitos. “Nossos vendedores externos estão fazendo os levantamentos em suas áreas de atuação para que possamos agir em seguida. Tivemos muita perda no campo. Lavouras de trigo levadas pela água, milho recém semeado, propriedades completamente destruídas e que vão levar tempo para voltar a produzir”.

Stein garantiu que tudo que estiver ao alcance da Arla será feito para que os cooperados afetados pela cheia possam voltar a produzir. Instituição recebe os produtores rurais para mediar alternativas com agentes bancários e órgãos públicos.

Acompanhe
nossas
redes sociais