Medicina da Univates na Serra

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Medicina da Univates na Serra

Por

Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Uma comitiva da Universidade do Vale do Taquari (Univates) esteve em Brasília nessa quarta-feira. Por lá, eles visitaram o Ministério da Educação (MEC). Entre as principais pautas, a expansão do curso de graduação em Medicina para a cidade de Bento Gonçalves. A proposta agrada ao governo federal, que pretende ampliar e muito a disponibilidade de novos médicos no país – o que deve reduziro custo médio desses profissionais para toda a sociedade. E a intenção da Univates é iniciar o processo ainda em 2023.

As tratativas evoluíram muito no ano passado, especialmente com a parceria formalizada com o Hospital Tacchini, com sede naquele município. O Tacchini é referência em atendimento via Sistema Único de Saúde (SUS) para 24 municípios. Dos mais de 552 mil atendimentos realizados durante o ano de 2021, por exemplo, mais de 60% desses beneficiaram pacientes do SUS. Nesse contexto, os dados sustentam que o hospital mantém o caráter comunitário, algo crucial para a parceria com a nossa universidade.


Errata: Engenheiro de Tráfego

Na semana passada, escrevi que a cidade de Lajeado vai contar com um Engenheiro Civil com Especialização em Engenharia de Tráfego. E fiz uma provocação indevida. “Uma cidade com quase 100 mil habitantes já deveria ter um especialista em trânsito”. No entanto, e conforme o Secretário de Planejamento e Urbanismo (Seplan), Giancarlo Bervian, o Executivo já conta com um engenheiro civil com tal formação. Agora, a função será institucionalizada e um concurso público específico será aberto.


Acompanhe
nossas
redes sociais