Lajeado convoca famílias com CadÚnico desatualizado há mais de dois anos

Desenvolvimento Social

Lajeado convoca famílias com CadÚnico desatualizado há mais de dois anos

A orientação é do Governo Federal. Recadastramento deve ser feito na Secretaria de Desenvolvimento Social ou Cras

Por

Atualizado sexta-feira,
10 de Fevereiro de 2023 às 19:44

Lajeado convoca famílias com CadÚnico desatualizado há mais de dois anos
Crédito: Divulgação
Lajeado
Gustavo Adolfo 03

A Secretaria de Desenvolvimento Social de Lajeado convoca famílias que possuem o Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais e esteja desatualizado há mais de dois anos para atualizarem os dados. A orientação é do Governo Federal e a recomendação é que  as informações sejam renovadas  a cada dois anos ou sempre que houver alguma alteração.

O município tem 7,3 mil famílias inscritas no Cadastro Único, sendo 5.188 famílias com o cadastro atualizado nos últimos dois anos, e 2.112 famílias que precisam atualizar suas informações na base de dados.

Recadastro de acordo com o bairro de residência

Dependendo do bairro onde reside a família, a atualização do cadastro deve ser feita em diferentes locais:

– Bairros Alto do Parque, Campestre, Centenário, Igrejinha, Imigrante, Olarias, Planalto, Santo André, São Cristóvão e Universitário: contato com o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Espaço de Todos Nós, localizado no bairro Santo André, por meio do telefone (51) 3982-1133 ou pelo Whatsapp (51) 98038-2746.

– Outros bairros: atualização é realizada na sede da SMDS, na avenida Benjamin Constant, 428, no Centro, e o agendamento deve ocorrer pelo telefone (51) 3982-1092.

O que é o Cadastro Único

– O Cadastro Único é a base de dados do Governo Federal que registra as informações socioeconômicas das famílias de baixa renda estabelecidas no território brasileiro.

– São famílias que possuem renda mensal de até meio salário-mínimo por pessoa ou renda familiar total de até três salários-mínimos.

– O Governo Federal utiliza os dados do Cadastro Único para conceder benefícios e serviços de programas sociais, como: Tarifa Social de Energia Elétrica, Benefício de Prestação Continuada (BPC), Programa Auxílio Brasil, entre outros.

– Os dados do Cadastro Único também podem ser utilizados para o mapeamento das vulnerabilidades locais, o planejamento das ações e a seleção de beneficiários dos programas sociais geridos pelo estado ou município.

Acompanhe
nossas
redes sociais