Região criou 4,5 mil vagas de  trabalho em 2022

Dados do Caged

Região criou 4,5 mil vagas de trabalho em 2022

Setor da indústria e serviços são responsáveis pelo maior número de contratações. Acumulado do ano contrasta com os dados de dezembro, quando mais de 1,4 mil postos foram fechados

Por

Região criou 4,5 mil vagas de  trabalho em 2022
Após 11 meses de saldo positivo, região fechou dezembro com mais demissões. Crédito: Filipe Faleiro/ARQUIVO
Vale do Taquari
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

A região foi responsável por criar 4.509 postos de trabalho em 2022, sendo 59,1 mil admissões e 54,6 mil demissões. Os dados divulgados ontem constam no boletim do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Ainda que o saldo seja positivo, está abaixo do registrado no ano anterior, quando foram criadas 5,5 mil vagas de trabalho.

Entre as cidades que se destacaram na abertura de vagas de trabalho estão: Lajeado (1,7 mil), Teutônia (634), Arroio do Meio (346) e Estrela (333). Na outra ponta, seis municípios fecharam o ano com desempenho negativo: Capitão (-36), Paverama (-19), Doutor Ricardo (-9), Coqueiro Baixo (-2), Ilópolis (-1) e Relvado (-1).

O acumulado do ano teve forte influência sobre os números de dezembro. Foram 11 meses consecutivos de resultado positivo. Ainda em novembro os dados do Caged davam sinais de desaceleração quando o saldo foi de 18 postos de trabalho. Já no último mês de 2022 fechou em -1,4 mil.

O relatório também indica o desempenho do ano por atividade econômica. Os setores da indústria e serviços são responsáveis pelo maior saldo do emprego formal. Por outro lado, o segmento da agropecuária demitiu mais do que contratou.

Já o perfil dos trabalhadores admitidos, que considera as seis maiores cidades do Vale, revela a predominância de homens entre 18 e 24 anos com Ensino Médio completo. A maioria está ligada às empresas de produção de bens e serviços industriais.

Acompanhe
nossas
redes sociais