Rooftop Pê 05 é fruto de uma jornada empreendedora pautada pelas pessoas

Lajeado Empreendedora

Rooftop Pê 05 é fruto de uma jornada empreendedora pautada pelas pessoas

Idealizado por Altemir Pessali, restaurante localizado no prédio 300, no São Cristóvão, é parte de um dos principais grupos gastronômicos do estado

Por

Atualizado segunda-feira,
23 de Janeiro de 2023 às 17:35

Rooftop Pê 05 é fruto de uma jornada empreendedora pautada pelas pessoas
Altemir Pessali, líder de um dos mais importantes grupos de restaurantes do estado, realizou o antigo sonho de inaugurar uma operação em Lajeado. (Foto: J.J. Silva)
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Lajeado ganhou recentemente uma nova opção gastronômica: o Rooftop Pê 05, localizado no 18º andar do prédio 300, no bairro São Cristóvão. O estabelecimento já é um destaque quanto à experiência devido ao posicionamento geográfico, que permite aos consumidores jantarem enquanto podem ver toda a cidade. Essa iniciativa é liderada por Altemir Pessali,  empresário que tem uma trajetória conectada com Lajeado e está à frente do grupo com mais de 20 anos que conta com quatro restaurantes na serra gaúcha.

Natural do interior de Guaporé, Altemir recebeu seu nome como homenagem a um jogador que atuava no Grêmio, em 1969. A escolha pelo nome, em alguma medida, selou o destino. Afinal, não demorou para se aventurar nos campos de futebol durante a infância. Filho de pai soldador e mãe faxineira, ele cresceu nas categorias de base do Esportivo, de Bento Gonçalves, enquanto, para ajudar a família, trabalhava como garçom em uma pizzaria da cidade. Depois de rodar por alguns clubes, Pessali disputou o Campeonato Gaúcho de 1994 pelo Lajeadense. 

Em 2000, Pessali recebeu o convite para jogar no Japão. Durante um ano, atuou no Kawasaki Frontale, clube que curiosamente tem as mesmas cores do Grêmio. Lá, ele lembra que foi o período que mais se sentiu profissional pela excelência que lhe era fornecido. Contudo, uma lesão no joelho o obrigou a parar de jogar futebol aos 31 anos. “A partir daquele momento, tive que decidir qual caminho seguir. E eu sempre fui um cara que cuidou bem do dinheiro. Foi quando minha esposa e eu decidimos abrir um restaurante em Garibaldi”, recorda.

Pessali trouxe à memória as lições aprendidas ainda na adolescência, quando era garçom, e o afeto da lembrança do avô, o Primo Camilo, para abrir o restaurante na casa onde o avô morava. Mais do que liderar o negócio, enquanto a esposa, Clege, que até hoje cuida da parte financeira da empresa, ele também se aventurou na cozinha. “O ramo da culinária é muito complexo. Eu sou muito detalhista e gosto de entregar sabor ao meu cliente. Isso é uma marca do negócio”, analisa.

O crescimento foi exponencial. Neste período, mais  três restaurantes foram inaugurados. E depois de diversos convites para vir a Lajeado, o local ideal foi encontrado para tirar do papel o projeto, que homenageia sua passagem pelo Japão e será liderado pelo filho Henrique. “Você só empreende quando tem pessoas maravilhosas ao seu lado. Hoje, a gente formou líderes que estão à frente dos nossos restaurantes. Empreender é acreditar nas pessoas”, conclui Pessali, mais um exemplo de que empreender pode transformar tudo ao seu redor.

Assista ao vídeo exclusivo:

Ouça o quadro na programação da Rádio A Hora 102.9:

Acompanhe
nossas
redes sociais